Menu
21 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Violência

Baleado, homem pede socorro em rodovia antes de morrer

Vítima de cerca de 40 anos não foi identificada; corpo foi encaminhado para o IMOL

16 Jun2017Valdelice Bonifácio e Mariel Coelho, especial para o Diário Digital16h04
Vítima deixou marcas de sangue por onde passou (Foto: Marco Miatelo)
  • Vítima teria sido baleada em uma construção inacabaça
  • Vítima deixou marcas de sangue por onde passou (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

Um homem de aproximadamente 40 anos de idade morreu após levar um tiro no pescoço, na tarde desta sexta-feira, 16 de junho, em Campo Grande.  Após ser alvejado ele pediu socorro para motoristas que trafegavam pela BR-262, nas imediações do aterro sanitário. O Samu foi chamado, mas a vítima não resistiu ao ferimento. O corpo, ainda sem identificação, foi encaminhado para Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol).  

A família que o ajudou na rodovia relatou que o homem estava bem agitado e pedindo socorro constantemente. Após a família acionar o Samu, o rapaz atravessou a rodovia, pulou na carroceria de um veículo Saveiro e seguiu nele. A viatura do Samu o encontrou metros a frente dali na mesma rodovia. Os socorristas tentaram reanimá-lo, mas sem êxito.

O delegado da 5ª Delegacia de Polícia Civil Tiago Macedo esteve no local. Ele acredita que a vítima seja um andarilho ou usuário de drogas.  Para o delegado, o homem teria sido baleado em uma construção inacabada no antigo porto seco, onde há marcas de sangue. No local, também havia cigarros.

Veja Também