Menu
22 de maio de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Campo Grande

Médico e esposa morrem em queda de avião

Depois de decolar, o avião sobrevoou aproximadamente 100 metros, deu três voltas em círculo e caiu em seguida

15 Mai2019Thays Schneider07h10
(Foto: Luciano Muta)
  • A aeronave caiu à 500 metros do aeroporto em mata fechada
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)

Foram identificados o casal que morreu na queda do avião, próximo ao Aeroporto Santa Maria.  Ele estava sendo pilotado pelo médico ginecologista Pedro Arnaldo dos Santos e tinha como passageira a esposa, Silvana Maria Pizzo dos Santos. Pedro Arnaldo tinha mais de 20 anos de experiência como piloto e a aeronave estava em boas condições, nova e com manutenção em dia. Contudo, neblinava muito neste início da manhã. De acordo com as primeiras informações, o avião tinha decolado do aeroporto, quando se desorientou e caiu, o modelo da aeronave é Bonanza F33.

O tenente do Corpo de Bombeiros, Carlos Saldanha da Costa, explicou que extinguiram as chamas e aguardam a perícia. A aeronave caiu à 500 metros do aeroporto em mata fechada. Ele também comentou que o avião caiu de bico, mas que é preciso aguardar o resultado da perícia para a confirmação.

Antônio Barboza, 70, que à 50 anos pilota e hoje está aposentado, estava próximo ao local quando o avião caiu e afirmou que percebeu o acidente por meio do barulho e das labaredas de fogo.

De acordo com Roberson Voncatt, que estava nas proximidades também informou que não foi a pimeira vez que ocorre um acidente de avião na região. "Faz 15 anos que caiu um avião no mesmo local", explicou.

 

 

Veja Também