Campo Grande •17 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo do estado - Campanha Transparência Governo

Elaine Silva e Dayene Paz | Quarta, 19 de Julho de 2017 - 10h28Três já foram presos pela morte do ex-vereador e esposaDois ainda estão foragidos no interior com arma de fogo

  
Casal foi morto na chácara (Foto: Reprodução/Facebook)
  • Casal foi morto na chácara
  • (FOTO: Luciano Muta)
  • (FOTO: Luciano Muta)
  • (FOTO: Luciano Muta)
  • (FOTO: Luciano Muta)
  • (FOTO: Luciano Muta)
  • (FOTO: Luciano Muta)
  • (FOTO: Luciano Muta)
  • (FOTO: Luciano Muta)
  • (FOTO: Luciano Muta)
  • (FOTO: Luciano Muta)
  • (FOTO: Divulgação/Batalhão de Choque)

O ex-vereador Cristovão Estevão (PSDB) e sua esposa Fátima Siqueira foram mortos na noite de ontem (18), em Campo Grande. A residência do casal foi arrombada e revirada, porém a suspeita que eles foram mortos na casa do caseiro. Os autores do crime são o caseiro Rivelino Mangelo, de 45 anos, e seus Alberto Nunes Mangelo, de 20 anos e  Rogério Nunes Mangelo, de 19 anos, que estão presos no Grupo Armado de Repressão a Roubos, Assaltos e Sequestros (Garras). Outros dois suspeitos estão foragidos no município de Corumbá, onde abandonaram o veículo, fugindo pela mata.

Segundo as informações do Choque, eles receberam uma denúncia de latrocínio na BR-080, saída para Rochedo e junto com o apoio do Garras foram para o local. No local, o caseiro foi localizado, ferido, onde informou que teriam sido vítima de um roubo. Ele foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa. Entrando em contradição e levando a suspeita da polícia, o caseiro confessou o crime. Do hospital, ele foi encaminhado a sede do Garras.

Na casa, os agentes encontraram dois corpos, o do ex-vereador esfaqueado e o de Fátima apresentando queimaduras e poucas roupas, gerando a desconfiança de um possível crime sexual. 

Um filho e um sobrinho do caseiro foram encontrados nessa manhã na cidade de Anastácio e encaminhados pelo Choque para a sede do Garras. A caminhonete roubada foi interceptada perto da cidade de Corumbá, pela Polícia Militar, sendo abandonada pelos autores que fugiram pela mata e ainda não foram localizados. 

Um vizinho do casal, que preferiu não se identificar, relatou que o caseiro estava trabalhando na chácara há seis meses e morava com sua mulher paraplégica e uma filha de 13 anos. No celular de Rivelino, foram localizadas várias mensagens da premeditação do crime. 

A polícia fará uma coletiva de imprensa na tarde de hoje, para dar mais detalhes da investigação.

Veja Também
Homem é pego em flagrante transportando maconha
Polícia Militar prende foragido com carro roubado
Homem mantinha aves ilegalmente em cativeiro
Motorista abandona veiculo após causar acidente
Acidente na Avenida Gury Marques deixa dois feridos
Jovem é baleado em conveniência na Capital
Fazendeiro é multado por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
Homem é morto após trocar tiros com a polícia e tentar fugir
Fazendeiro é autuado em R$ 7,5 mil por armazenamento ilegal de madeira
Homem é preso após “preparar” carro com droga
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento