Menu
16 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Campo Grande

Audiências do caso lava jato começam em setembro

Wesner Moreira da Silva foi agredido com uma mangueira e morreu dias depois

11 Ago2017Da redação13h47

O juiz titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Carlos Alberto Garcete de Almeida, designou para os meses de setembro e outubro as audiências sobre o caso da morte de Wesner Moreira da Silva, agredido no dia 3 de fevereiro em um lavo jato, em Campo Grande.

A primeira audiência ocorrerá no dia 5 de setembro, às 14h30, para a oitiva das testemunhas arroladas pelo Ministério Público. Já no dia 2 de outubro, às 14 horas, ocorrerá a audiência para ouvir as testemunhas de defesa e o interrogatório dos acusados.

Thiago Giovanni Demarco Sena e Willian Henrique Larreia são acusados de agredirem a vítima com uma mangueira de ar comprimido introduzindo na extremidade do seu reto intestinal, causando lesões que o levaram a óbito dias depois no hospital. A defesa alega que os autores da agressão estariam brincando e não queriam machucar.

Veja Também