Campo Grande •27 de Maio de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Quarta, 28 de Dezembro de 2016 - 22h00Após três meses, polícia prende trio suspeito de matar Alceu BuenoDois homens e uma mulher serão apresentados nesta quinta-feira pela Garras

Alceu Bueno foi vereador por Campo Grande, mas renunciou ao mandato após ter o nome envolvido em escândalo de pedofilia
Alceu Bueno foi vereador por Campo Grande, mas renunciou ao mandato após ter o nome envolvido em escândalo de pedofilia (Foto: Luciano Muta)

A Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras) apresentará nesta quinta-feira, dia 29 de dezembro, três pessoas suspeitas do assassinato do ex-vereador por Campo Grande  e empresário José Alceu Padilha Bueno. Os dois homens e uma mulher foram presos nesta quarta-feira, 28, após mais de três meses de investigações. A apresentação está marcada para às 15h30 no Garras.

O corpo de Alceu Bueno foi encontrado carbonizado e ainda em chamas em uma área de matagal na região do Parque dos Poderes, na manhã de 21 de  setembro. Na época, suspeitou-se que a execução estivesse ligada  ao escândalo da pedofilia no qual esteve envolvido e o levou a renunciar o mandato de vereador em 2015.

A polícia trabalhava com várias linhas de investigação, inclusive, latrocínio. Contudo, dias depois, o veículo que o ex-parlamentar usava foi encontrado incendiado em Ponta Porã, afastando a hipótese de morte para roubar o carro. Alceu Bueno era casado e deixou duas filhas e uma neta.

Veja Também
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento