Menu
22 de setembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Segov- Campanha Semana Nacional do Trânsito
Sistema falido

Após protesto, 14 presos são transferidos

Três presos que subiram em caixa d'água e mais onze foram levados para o interior do Estado

13 Jul2018Luany Mônaco - Especial para o Diário Digital17h36

Os três presos que subiram na caixa d’água do Instituto Penal de Campo Grande (IPCG) na manhã desta sexta-feira, 13 de julho, foram transferidos para a unidades penais do interior do Estado, juntamente com outros 11 detentos que estavam em celas disciplinares. A transferência, segundo a Agência de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), ocorreu para preservar a integridade dos próprios internos.

Os presos que participavam dos protestos  alegavam que estavam sendo impedidos de receber visitas, que eram maltratados e não recebiam alimentação adequada, por isso queriam uma transferência para algum estabelecimento penal no interior do Mato Grosso do Sul.

As penitenciárias para onde os 14 preidiários foram encaminhados não podem ser divulgadas por motivos de segurança. Eles não serão necessariamente levados para a mesma unidade.

Não houve necessidade de uso de forças maiores para a transferência dos presos, procedimentos de rotina, como  pente-fino, também não foram feitos, já que a coordenação do presídio não achou necessário.

O protesto começou por volta das 7h quando os três presos que cumprem pena por estupro subiram em cima da caixa d’água do Instituto Penal de Campo Grande. Eles gritavam por socorro e alegaram que não podiam receber visitas, não tinham alimentação e tratamento adequado.

Veja Também