Campo Grande •27 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Elaine Silva - Especial para Diário Digital | Terça, 11 de Abril de 2017 - 09h48Após denuncias Denar prende três traficantesPoliciais prenderam em três dias diferentes traficantes por meio denuncias

  
Autores atuavam em Campo Grande, apenas um iria para outro Estado (Foto: Luciano Muta)
  • Autores atuavam em Campo Grande, apenas um iria para outro Estado
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)

Em três dias Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) realizou a prisão de três pessoas envolvidas com o tráfico de drogas sendo, em um delas a droga iria para a cidade de Palmas em Tocantins, outro uma travesti que vendia ecstasy em festa inclusive na Exprogrande e por último um jovem que realizava somente o comércio de maconha na sua residência.

O delegado João Carlos Satori, relatou que todos os casos foram por meio de denúncia. Na sexta-feira(07), por volta das 20h, a Denar juntamente com a Polícia Rodoviária Federal realizaram a abordagem ao ônibus da viação São Luiz, na rotatória da Br-163,próximo ao bairro Nova Lima, onde se encontrava Viviane Cristina Chaves, de 28 anos.

Durante a abordagem a  autora se demonstrou muito nervosa. Em revista ao bagageiro foi encontrado na  mala de Viviane a quantidade de 12 kg de maconha. Viviane assumiu que realizaria o transporte da droga para Palmas e que recebeu de uma pessoa que foi de Uber até a residência dela e a contratou por R$ 1 mil.

Já no segundo caso de Lucas Fernandes da Silva, de 28 anos, conhecido como "Emanuelly", que foi preso no último domingo (09), acusado de vender esctesy em festas e na última expogrande.

Segundo o delegado Sartori, Emanuelly, vendia a droga por R$ 50, sendo que a droga viria da cidade de Balneário Cambaríu, em Santa Catarina . Ela foi presa em um condomínio, na região do bairro Pioneiro, em Campo Grande.

Por último na tarde ontem (10), por volta das 17h, equipe da Denar, realizou uma campana em frente da casa de Ygor Toledo de Jesus,conhecido como “Quinto Elemento”, de 18 anos, no bairros Santa Emilia.

Ygor teria relato que somente vendia maconha, porém o delegado Sartori, durante campana  realizada foi visto um usuário saindo da residência. Ao ser abordado ele estava com um papelote de cocaína e revelou que comprou na residência. Ygor alegou aos policiais que vendia somente maconha, porém a cocaína era para consumo próprio e como ele tinha um cliente resolveu vender. 

Veja Também
Lutador assassino é condenado a 10 anos de prisão
Genro agride sogra em Campo Grande
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 12h02PMA autua empresa R$ 7,5 mil e apreende dois caminhões com cargas ilegais de madeira Documento de Origem Florestal é o documento para o transporte e armazenamento de qualquer produto vegetal nativo
Lutador vai a julgamento hoje na Capital
PMA autua pescador por pesca ilegal
Jovem é preso levando droga para o Paraná
Integrantes de facção são presos na fronteira
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 06h59Dupla de bandidos aterroriza Campo Nobre Vítima foi assaltada enquanto caminhava, distraidamente pelo local
Jovem pede para polícia não prender marido após ser agredida
Polícia Federal vai investigar envolvido no jogo Baleia Azul
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento