Menu
26 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Meio Ambiente

Agricultores são multados degradar nascentes e matas ciliares de córrego

Acusados já haviam sido notificados pelo INCRA

13 Set2016Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital16h27

Na tarde de segunda-feira, dia 12, quatro agricultores foram autuados pela polícia militar ambiental de Cassilândia, por manterem criação de gado degradando nascentes e matas ciliares de um córrego que corta a área do assentamento Serra.

Os policiais verificaram que os mesmo já haviam sido notificados pelo Instituto Nacional de Reforma Agrária (INCRA), e mesmo assim os acusados mantiveram os animais nas áreas protegidas por Lei. Nos caminhos que o gado pisoteava iniciavam-se processos erosivos.

Os infratores, de 63, 62, 47 e 63 anos, moram no assentamento Serra, e foram autuados por danificar área considerada de preservação permanente (nascentes e matas ciliares) receberam uma multa no valor de R$ 5.000,00 cada um. Eles também responderão por crime ambiental e poderão pegar uma pena de detenção de um a três anos.

As atividades foram interditadas e os infratores foram notificados a realizar a retirada do gado da área protegida, sob pena de serem autuados novamente por descumprimento de embargo.

Veja Também