Menu
26 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Meio Ambiente

Agricultor é multado em R$ 51 mil por irrigação agrícola sem licença

Água era levada até a lavoura por canos de alta capacidade de 200 milímetros

11 Ago2019Da redação13h20

Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado realizavam fiscalização ambiental no município em uma propriedade rural e localizaram uma atividade de irrigação agrícola sem autorização ambiental. O agricultor (87), residente em Catanduva (SP) arrendatário da fazenda instalou duas moto-bombas e captava água de uma lagoa natural para irrigar lavoura de limão, com 250 hectares de área. A água era levada até a lavoura por canos de alta capacidade de 200 milímetros.

Cada moto-bomba possuía capacidade para extrair 220 mil litros de água por hora, porém, somente uma estava funcionando. O gerente informou aos Policiais que possuía documentação para a atividade, porém, apresentou somente a licença de outorga de água e não possuía a licença ambiental da atividade de irrigação.

O arrendatário foi autuado administrativamente e multado em R$ 51.000,00. O infrator também responderá por crime ambiental cuja pena é de três a seis meses de detenção. Ele foi notificado a apresentar projeto de regularização da atividade junto ao órgão ambiental. A atividade foi interditada.

 

Veja Também