Menu
5 de junho de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Violência contra a mulher

Agressores de mulheres deverão ressarcir custos com atendimento médico

"Aquele que, por ação ou omissão, causar lesão, violência física, sexual ou psicológica e dano moral ou patrimonial a mulher fica obrigado a ressarcir todos os danos causados

18 Set2019Agência Brasil11h40

O agressor de violência doméstica terá que ressarcir ao Sistema Único de Saúde (SUS) os custos médicos e hospitalares com o atendimento à vítima de suas agressões. A Lei nº 11.340, que estabelece a responsabilização, sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, está publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (18).

De acordo com o texto, "aquele que, por ação ou omissão, causar lesão, violência física, sexual ou psicológica e dano moral ou patrimonial a mulher fica obrigado a ressarcir todos os danos causados, inclusive ao Sistema Único de Saúde (SUS)". Os recursos arrecadados vão para o Fundo de Saúde do ente federado responsável pelas unidades de saúde que prestarem os serviços de atendimento à vítima de violência doméstica.

 O documento diz ainda que os custos com o uso de dispositivos eletrônicos de monitoramento também deverão ser ressarcidos pelo agressor. A portaria determina ainda que os bens da vítima de violência doméstica não podem ser usados pelo autor da agressão para o pagamento dos custos e nem como atenuante de pena ou comutação, de restrição de liberdade para pecuniária.

Segundo o projeto Relógios da Violência do Instituto Maria da Penha (IMP), a cada 7,2 segundos uma mulher sofre agressão física no Brasil.

Veja Também

Choque encontra droga enterrada no quintal de residência
Irmãos indígenas são presos por assassinato durante bebedeira
Ação conjunta apreende uma tonelada de droga a caminho de SP e RJ
Bar funcionava como fachada para comércio de drogas
PM que matou professora em acidente nega que estava bêbado
PRF apreende 7.500 maços de cigarros e celulares sem documentação
Polícia Civil apura cobranças feitas para agendamentos de RG
PRF e Receita apreendem mercadorias em hotel de Dourados
Polícia Federal apura suposta fraude em compra de máscaras pela PRF
Polícia Civil prende quarto envolvido na morte do professor