Menu
18 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Fronteira

Adolescente é atacada a facadas por indígenas na fronteira

Situação está tão grave, que os índios acabam ingerindo bebidas alcoólicas e várias mulheres estão se prostituindo

18 Jul2017Da redação15h31

Na fronteira de Brasil e Paraguai, na cidade paraguaia Pedro Juan Cabllero, que faz fronteira com Ponta Porã, uma adolescente foi tacada a facadas por três indígenas.

O ataque teria ocorrido próximo ao bairro Jardim Aurora em Pedro Juan Caballero, onde a vítima sem motivos foi atacada pelos indígenas que teriam migrado para a cidade devido à falta de apoio do governo local aos índios.

Muitos índios por não ter condições de sobreviver nas colônias indígenas, acabaram chegando em grande número a cidade, onde estão pelas ruas, a situação está tão grave, que eles acabam ingerindo bebidas alcoólicas e várias mulheres estão se prostituindo.

A vítima foi auxiliada pelo do Corpo de Bombeiros e segundo o site de notícias Porã News se encontra internada no Hospital Regional da cidade em estado de observação.

Veja Também