Campo Grande •21 de Fevereiro de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Valdelice Bonifácio e Mariel Coelho, especial para o Diário Digital | Quarta, 14 de Setembro de 2016 - 18h15Adolescente diz ter sido sequestrada na CapitalJovem foi rendida nas proximidades do Terminal Morenão na manhã desta quarta

  
Familiares da vítima acompanham a adolescente à delegacia, onde ela presta depoimento (Foto: Roberto Okamura)
  • Familiares da vítima acompanham a adolescente à delegacia, onde ela presta depoimento
  • Suposto sequestro foi denunciado na Delegacia de Polícia da Piratininga (Foto: Roberto Okamura)

Uma adolescente de 17 anos denunciou à Polícia Civil ter sido sequestrada por desconhecidos na manhã desta quarta-feira, dia 14 de setembro, em Campo Grande. Ela conta que foi rendida após deixar o Terminal Morenão atendendo o chamado de um homem que disse que uma colega a esperava no carro. Ao chegar ao veículo, uma mulher armada fez ameaças e a obrigou a entrar no carro.

O sequestro ocorreu por volta das 9h50, quando a jovem estava se deslocando para o trabalho. O homem a chamou na catraca do terminal. O desconhecido sabia o nome da moça e disse a ela que “Camila” a aguardava no carro estacionado perto do terminal. “A Camila do colégio?”, perguntou a jovem. O homem respondeu que sim e ela o seguiu achando que a amiga a esperava no veículo.

Contudo, ao chegar ao carro foi rendida por uma mulher armada. O homem e a mulher seguiram com a vítima para a região do Jardim Aeroporto. Eles estacionaram no quintal de uma casa de madeira “mal construída e estranha”, segundo relato da vítima. O homem e a mulher desceram e deixaram a adolescente trancada no veículo por cerca de duas horas.

A jovem conseguiu encontrar seu celular que fora tomado pelo casal, mas esquecido no carro, e digitou a palavra "socorro" em mensagem para a irmã. A mulher que observava de longe percebeu que a jovem usava o telefone celular. Os sequestradores então tomaram o aparelho da moça e a levaram para uma estrada onde a deixaram.

Além do telefone, eles também ficaram com a bolsa da jovem. A adolescente encontrou uma senhora que a socorreu e chamou a polícia. “Nossa família não tem rixa com ninguém (...) Parece que foi só para dar um susto nela, mas queremos saber o que aconteceu”, disse a irmã da vítima.

A adolescente está relatando o caso à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Piratininga que deverá investigar o crime após o registro da ocorrência.

Veja Também
Ação policial prende traficantes vizinhos na Vila Anahy
Funcionária do Conselho Tutelar vendia drogas em casa
Falso médico que atuava em MS é denunciado por homicídio
Adolescentes e jovem de 18 mataram taxista cruelmente
PMA prende homem com arma de fogo ilegal em Ribas do Rio Pardo
Baiana é contratada para levar drogas de Ponta Porã até a Bahia
Terça, 21 de Fevereiro de 2017 - 11h06Com uniforme de estudante, jovem assalta motorista de Uber Vítima estava no celular durante abordagem dos ladrões
Mulher ateia fogo em moto de ex-namorada
Corpo é encontrado em matagal no Colúmbia
Corpo é encontrado em casa na área central de Corumbá
Ótica Diniz
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento