Campo Grande •24 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Giselli Figueiredo, de Aquidauana, em colaboração para o Diário Digital | Segunda, 12 de Junho de 2017 - 16h51PM prende bandidos que aterrorizavam comerciantesAção termina na prisão bandidos que responderão por furtos e tráfico de drogas

  
(Foto: Giselli Figueiredo/Colaboração)
  • (Foto: Giselli Figueiredo/Colaboração)
  • (Foto: Giselli Figueiredo/Colaboração)
  • (Foto: Giselli Figueiredo/Colaboração)
  • (Foto: Giselli Figueiredo/Colaboração)
  • (Foto: Giselli Figueiredo/Colaboração)
  • (Foto: Giselli Figueiredo/Colaboração)

A Polícia Militar de Aquidauana prendeu Júlio César Martins, 31 anos, acusado de furtar por duas vezes a Loja Casa Branca da família Suleiman e a Loja Duda Semi-Jóias, esta última na madrugada de sábado (10), em menos de uma semana, ambas localizadas na mesma quadra, no centro da cidade. O homem não se intimidou, voltou pela segunda vez no comércio da família Suleiman e ainda furtou a loja de semi-joias, óculos e relógios que fica na mesma quadra.

Policiais militares analisaram as imagens do circuito de segurança do comércio próximo às lojas e em menos de seis horas chegaram a Júlio César, conhecido no mundo do crime como ‘Cangão’. O homem estava dormindo em sua residência no bairro Ovídio Costa, quando recebeu a visita dos policiais do Grupamento Especializado Tático de Ações Motorizadas – GETAM. O suspeito então disse que trocou as mercadorias em uma boca de fumo e passou a localização para a equipe, que solicitou o apoio das equipes da Rádio Patrulha e Rotai. O sub-comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar, Major Daniel Elias, participou de toda ação.

As equipes se deslocaram para Vila Quarenta, no local informado por Cangão, encontrando todos os produtos furtados da loja de semi-joias e também a maioria das peças do comércio da família Suleiman. Além das mercadorias, a polícia também encontrou pasta-base de cocaína para venda. Foram presos Eraldo Pereira Gomes, 42 anos, também conhecido como ‘Porquinho’ e sua namorada Katia da Silva Barbosa, 29 anos, moradora de Campo Grande. Esta sendo revistada por uma policial feminina, teve encontrado em um dos seus bolsos um dos anéis furtados da loja de semi-joias e também R$ 250 reais entre os seios.

Em uma das imagens das câmeras de segurança, mostra a movimentação de um Fiat/Uno branco, mesmo modelo do veículo de Kátia passando em frente a loja de semi-joias. No carro inclusive se encontravam algumas peças das que foram furtadas já embaladas. Levantamentos feitos pelas Polícias Civil e Militar revelam que a suspeita teria levado para Campo Grande os produtos furtados na Casa Branca no dia 04 de Junho. Kátia então teria voltado para Aquidauana para buscar as outras peças que foram furtadas no comércio dos Suleiman pela segunda vez e também na Loja Duda. A jovem também foi reconhecida pela proprietária e seu funcionário como a mesma pessoa que esteve no comércio no dia anterior a ação do marginal.

 Os três foram encaminhados junto com as mercadorias para a Primeira Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana, onde os comerciantes acompanharam todo o trabalho na PM na separação das peças e agradeceram na celeridade da resposta. O delegado de plantão, Antônio Souza Ribas Júnior também acompanhou pessoalmente o desfecho, já que os policiais do Núcleo de Inteligência, Investigações e Captura – NIIC, da Polícia Civil, estavam investigando o caso.

 O comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Airton Praeiro, esteve no local acompanhando todo o trabalho das equipes empenhadas. “A PM não dá desculpa, dá resposta. O resultado está aí, nossa resposta à sociedade Aquidauanense. Estamos trabalhando 24 horas para dar segurança e tranquilidade para a população”, reforçou.

Conhecidos da Polícia – Eraldo e Júlio César são velhos conhecidos da polícia de Aquidauana. O dono da boca foi posto em liberdade recentemente por traficar drogas. Já Júlio vem praticando diversos furtos na cidade em ‘parceria’ com Porquinho. Um dos policiais do GETAM revelou que prendeu Cangão aproximadamente duas semanas.

Tráfico de Drogas – Além de responder pelos furtos, os três também responderão por tráfico de drogas, já que a casa de Eraldo já vinha sendo alvo de diversas denúncias por parte dos moradores do bairro, pela comercialização de entorpecentes. Na posse dele foi apreendida uma sacola plástica com uma substância com cor e odor característicos de pasta base de cocaína, pesando aproximadamente 35 gramas.

Foi solicitada a presença de um cão treinado para identificar drogas, do Canil da Rotai, onde o animal fez buscas e identificou na residência em um frasco branco de plástico um pedaço considerável de pasta base e paradinhas. Eraldo havia saído recentemente do regime fechado justamente por traficar.

Veja Também
Homem amarra facão na mão e ameaça família em Três Lagoas
Sábado, 24 de Junho de 2017 - 12h00Pai vai visitar filhos e encontra as crianças sozinhas Mãe teria deixados às crianças sozinhas para ir a uma festa
Sábado, 24 de Junho de 2017 - 11h00Homem é acusado de roubar veículo de ex-sócio em Caarapó Caso aconteceu na sexta-feira no bairro Capitão Vigário
Homem é encontrado morto com um tiro na cabeça em Três Lagoas
Fazendeiro é autuado por construir estrada e barragem de rio
Sábado, 24 de Junho de 2017 - 09h25Interno do semiaberto de Dourados é flagrado com drogas em cela Foram apreendido 22 porções de cocaína e uma de maconha
Mulher leva seis facadas dentro de casa no Jardim Noroeste
Adolescente é preso acusado de estuprar prima de 9 anos
Seis pessoas foram presas por tráfico de drogas em Paranaíba
Brasileiro é encontrado morto em cemitério na Fronteira
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento