Menu
2 de junho de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Contribuição

Enfermeiros fazem campanha 'Troque sua Máscara'

Ação pede que pessoas que tenham em casa máscaras cirúrgicas ou N95 troquem por máscaras de tricoline

9 Abr2020Evelyn Thamaris14h25
(Foto: Marco Miatelo)
  • Costureira confecciona as máscaras que poderão ser trocadas com a população
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

O Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem (SIEMS) está realizando a campanha 'Troque sua Máscara'.  A ação é realizada em conjunto com o Ministério do Trabalho e o Tribunal Regional do Trabalho como forma de tentar suprir demanda de equipamentos de proteção individual (EPI) na área da saúde em meio à pandemia de coronavírus.

A campanha propõe que pessoas que tenham em casa embalagens fechadas de máscaras cirúrgicas ou N95 realizem a troca pelas máscaras de tricoline que estão sendo confeccionadas pelo sindicato, com a parceria de três artesãs que estão trabalhando por preços solidários. Todas as máscaras adquiridas com as trocas serão distribuídas aos profissionais da saúde. 

“Devido a importância das máscaras na prevenção no ambiente hospitalar e da demonstração de solidariedade da população aos profissionais da saúde, acreditamos que neste momento confeccionar as máscaras para trocar é uma alternativa viável. Conforme recomendações do Ministério da Saúde, a população - que necessitar sair de casa - pode utilizar a máscara de tricoline, inclusive esta é reutilizável se lavada corretamente, já os profissionais não podem utilizar esse material dentro de um hospital”, destaca a vice-presidente do SIEMS, enfermeira Helena Delgado.

O momento na área da saúde é delicado e requer compreensão por parte de todos os integrantes da sociedade. Quem quiser contribuir com a causa e tenha os itens citados, basta entrar em contato pelos telefones 3028-7499 ou (67) 3028-7399 e agendar que, a partir do dia 13 de abril, o SIEMS irá até o endereço informado para realizar a troca.

Intensificando a medida do “Fique em Casa”, quem for contribuir com a ação não terá que se deslocar de sua residência, bastará ligar e agendar, que receberá em casa duas máscaras de tecido, laváveis e reutilizáveis em troca de uma embalagem de máscaras cirúrgicas ou N95.

Veja Também

Bolivianos fazem protestos por mais recursos aos municípios
Rodoviária da Capital será fechada novamente
Confira escala médica nas UPAs e CRSs nesta terça-feira
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS
União repassa R$ 20,6 milhões para hospitais filantrópicos de MS
Casos de Covid-19 avançam em Dourados
Fiems doa 21,6 mil máscaras para trabalhadores da indústria
Em ação preventiva, SES realiza testagem nos servidores do Detran
Em abordagem realizada em três terminais 15 pessoas foram testadas
Cartilhas de prevenção ao Covid-19 na língua Indígena serão distribuídas