Menu
3 de abril de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Consumo

Procon verifica reajustes injustificados durante pandemia

Equipes percorrem lojas de redes e orientam redução de preços e filas preferenciais

25 Mar2020Da Redação08h50

Para evitar que o cidadão seja prejudicado com aumentos injustificados de preços em estabelecimentos ou redes de  estabelecimentos comerciais principalmente aqueles cuja atividade está focada  em gêneros alimentícios ou outros essenciais para  uso nesta época de pandemia, equipes de  fiscalização da  Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, permanecem alerta e visitando supermercados e hipermercados de Campo Grande.

Nesta terça-feira (24) o Procon Estadual, ao verificar preços em cinco estabelecimentos, orientou a gerência a reduzir os valores fixados para venda de alguns produtos. Em um dos estabelecimentos a cartela de ovos, por exemplo, estava sendo vendida a R$16,90 e, após intervenção do Procon, foi reduzido o valor para R$ 14,90. Responsáveis por lojas fiscalizadas se demonstraram sensíveis e, após receberem orientações diminuíram os preços. Foram visitadas unidades das redes Comper, Atacadão e Assaí.

Durante a ação, que contou com a presença do superintendente Marcelo Salomão, foram promovidas orientações a respeito dos cuidados em relação ao atendimento em filas preferenciais com destaque para idosos.

Veja Também

Mais dois casos suspeitos de Covid-19 são descartados em Corumbá
Mais de 3 mil pessoas passaram nas barreiras sanitárias em MS
Ônibus circularão das 5h às 21h30 só com passageiros sentados
Senado aprova projeto que muda regras durante pandemia
Parque vira polo de atendimento da COVID-19
Sesc Morada terá 2º happy hour digital, com a banda On The Road
Condutor pode trafegar sem placa, mas deve portar documento
Brasileiros repatriados da Bolívia chegam a Corumbá
Casos de Covid-19 estão em áreas nobres
MS reage à crise do coronavírus com mais de 60 medidas