Menu
2 de junho de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Coronavírus

Coronavírus: Brasil tem 92 mortes e 3,4 mil casos confirmados

Ministério da Saúde divulga novo levantamento nesta sexta

27 Mar2020Da Redação20h17

Em nova atualização do Ministério da Saúde, o número de mortes chegou a 92, contra 77 registradas ontem (26). O resultado significa um aumento de 18% em relação a ontem. Em comparação com o início da semana, quando eram 25 óbitos, o número multiplicou por 3,68 vezes.

A taxa de letalidade chegou ao máximo da semana, ficando em 2,7%.

O total de casos confirmados saiu de 2.915 para 3.417 hoje (27). O resultado de hoje marcou um aumento de 80% nos casos em relação ao início da semana, quando foram contabilizadas 1.891 pessoas infectadas.

O número de casos novos foi de 502, atingindo o número mais alto da série histórica. Ontem, o acréscimo foi de 482. Nos dias anteriores, o aumento havia sido menor, ficando na casa entre 232 e 345 casos.

São Paulo acumula 1.233 casos. O estado, epicentro da epidemia no país, é seguido por Rio de Janeiro (493), Ceará (282), Distrito Federal (230), Rio Grande do Sul (195) e Minas Gerais (189).

Também registram casos Santa Catarina (149), Paraná (119), Bahia (115), Amazonas (89), Pernambuco (56), Goiás (49), Espírito Santo (47), Rio Grande do Norte (28), Mato Grosso do Sul (28), Acre (25), Sergipe (16), Maranhão (13), Pará (13), Alagoas (11), Mato Grosso (11), Roraima (10), Paraíba (nove), Piauí (nove), Tocantins (oito), Rondônia (seis) e Amapá (dois).

Veja Também

Detran-MS faz testagem para Covid-19 em todos os servidores
Blitz contra a covid-19 testou 16 pessoas em três terminais de transporte coletivo
No 2º dia de disputas, atletas elogiam formato da Corrida Digital
Toque de recolher é prorrogado até fim do mês
Bolivianos fazem protestos por mais recursos aos municípios
Rodoviária da Capital será fechada novamente
Confira escala médica nas UPAs e CRSs nesta terça-feira
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS
União repassa R$ 20,6 milhões para hospitais filantrópicos de MS
Casos de Covid-19 avançam em Dourados