Menu
3 de abril de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto

Casa da mulher brasileira funciona normalmente durante quarentena

Em três dias foram registrados 43 boletins de ocorrência de violência contra a mulher

25 Mar2020Da Redação14h16

Para enfrentar o COVID-19 e restringir o fluxo de pessoas e o afastamento social na Capital sul-mato-grossense, a Prefeitura de Campo Grande tomou diversas medidas como toque de recolher, restrição no funcionamento do comércio, suspensão dos serviços de transporte coletivo urbano, entre outros, porém, cabe destacar que a Casa da Mulher Brasileira mantem seu funcionamento 24 horas por dia, todos os dias.

Desde a sexta-feira (20) até o dia 23, às 7h, foram registrados 43 boletins de ocorrência, sinalizando que a violência familiar continua ocorrendo na Capital

A subsecretária de Políticas para a Mulher, Carla Stephani, ressalta que o atendimento da Casa é fundamental e essencial às mulheres, por isso não pode parar. “Entendemos a importância e necessidade do distanciamento social para conter a disseminação do coronavírus, porém, diariamente novos registros estão sendo realizados. Além disso, a ONU Mulheres tem nos alertado que nesse período de reclusão, onde as famílias são obrigadas a passarem mais tempo juntas, pode aumentar o risco de violência doméstica e familiar, razão pela qual os serviços têm que estarem acessíveis às mulheres. Nossa decisão é manter o atendimento a qualquer mulher que se dirija à Casa em sua totalidade de serviços, como a recepção, o psicossocial, o alojamento de passagem, a Patrulha Maria da Penha, Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e os demais que lá estão”.

Serviço

A Casa da Mulher Brasileira está localizada na Rua: Brasília S/N, Jardim Imá, próximo ao Aeroporto de Campo Grande.

Veja Também

Mais dois casos suspeitos de Covid-19 são descartados em Corumbá
Mais de 3 mil pessoas passaram nas barreiras sanitárias em MS
Ônibus circularão das 5h às 21h30 só com passageiros sentados
Senado aprova projeto que muda regras durante pandemia
Parque vira polo de atendimento da COVID-19
Sesc Morada terá 2º happy hour digital, com a banda On The Road
Condutor pode trafegar sem placa, mas deve portar documento
Brasileiros repatriados da Bolívia chegam a Corumbá
Casos de Covid-19 estão em áreas nobres
MS reage à crise do coronavírus com mais de 60 medidas