Menu
21 de setembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
TV MS Record

Na Capital, 47% são devedores, mas prefeito não quer negativar

Entrevista do prefeito de Campo Grande abriu nova fase do Balanço Geral MS sob o comando de Rodrigão

12 Ago2019Valdelice Bonifácio13h02
(Foto: Valdelice Bonifácio)
  • (Foto: Valdelice Bonifácio)

O prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD) concedeu entrevista ao programa Balanço Geral MS, da TV MS Record, nesta segunda-feira, 12 de Agosto. A conversa com o chefe do Poder Executivo Municipal marcou o início da nova etapa do programa de televisão que a partir de agora está sob o comando do jornalista e apresentador Rodrigo Nascimento, o Rodrigão.

Durante a entrevista, o prefeito mencionou que administra usando a criatividade para driblar a falta de dinheiro. Conforme Marquinhos, apesar das várias campanhas de regularização, Campo Grande tem grande número de contribuintes inadimplentes.

“Temos R$ 3 bilhões para receber dos munícipes, isso significa que 47% da população está em débito com o IPTU. Eu não quero processar ninguém. Não vou mandar o nome do cidadão para o SPC ou Serasa. Essa seria a última alternativa. Não quero fazer isso”, afirmou.

Este ano, a prefeitura firmou convênio com a  Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) para atualizar o cadastro dos contribuintes. O primeiro passo, já em andamento, é a cobrança por telefone e, depois, colocar os devedores na lista da inadimplência. Porém, durante a entrevista, o prefeito deixou claro não ter a intenção de negativar os contribuintes, sem antes esgotar todas as possibilidades de regularização.

Esta segunda-feira, 12 de Agosto, é o último dia para o contribuinte negociar o débito do imposto no Programa de Pagamento Incentivado, o Refis, da prefeitura. O programa oferece até 90% de desconto nos juros. Marquinhos informou que o prazo só será prorrogado se o Refis não atingir as metas, decisão que caberá à Secretária de Finanças.

“Quando o contribuinte não paga, a gente deixa de investir em saúde, educação, segurança e fazer aquilo que Campo Grande necessita. A prefeitura não é como uma entidade privada. Você tem que atender quem paga o imposto e quem não paga”, salienta.

O prefeito comentou também a negociação com o Consórcio Guaicurus que reúne as empresas de transporte coletivo para melhorar o atendimento aos usuários. Marquinhos explicou que está implantando as pistas exclusivas para ônibus. Segundo ele, em breve, serão entregue 55 novos veículos, sendo 32 com ar condicionado. “Além disso, vamos reformar os terminais”, afirmou.

O Balanço Geral MS vai ao ar de segunda a sexta-feira, sempre das 10h50 às 13h15, na TV MS Record, canal 11.1.

Vale mencionar que as entrevistas de estúdio e as principais reportagens do Balanço Geral MS podem ser revistos no canal de vídeos do Diário Digital.

Veja Também