Menu
18 de dezembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner Pátio Central - Natal
Informe Publicitário

Banco de imagens que oferece fotos de graça chega ao Brasil

Site Burst conta com uma grande variedade de categorias de fotos profissionais e com alta resolução

9 Out2018Da redação16h14
(Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)

Você realmente conhece todos os tipos de amor?

O que é o amor afinal? O amor é um sentimento tão rico, tão plural e popular em qualquer lugar e circunstância, mas como ele pode ser definido? Pode ser através de imagens de amor ou algo do tipo?

O amor é difícil de ser explicado, porém fácil de ser sentido. Ele é, sem dúvida, um sentimento dominante, protagonista, dita o rumo dos relacionamentos e a partir dele, muitos outros sentimentos são irradiados.

Renato Russo já cantava “Quem inventou o amor, me explica, por favor!”, tamanha a complexidade deste sentimento. Mas o amor e os gestos podem estar manifestos em diferentes rostos, formas, cores e modos.

Onde buscar lindas imagens e fotos de amor?

Seja para casamentos, viagens, momentos especiais e até para trabalho, o ideal é saber que algumas imagens possuem direitos autorais, então o ideal é buscar imagens que sejam livres desses direitos.

Existem vários lugares na internet para achar imagens e fotos de amor, como o Google, bancos de imagens grátis, e redes sociais. Entretanto, existem pessoas que preferem realmente tirar as fotos e para isso contratam um fotógrafo. 

Quais os tipos de de amor que existem? 
 
De acordo com a Grécia antiga, há, pelo menos, sete diferentes tipos de amor. Cada um é valioso a sua maneira e fundamental para termos uma vida mais feliz e saudável.

Cada tipo de amor pode ter imagens diferentes, isso depende da criatividade de cada criador ou fotografo.


Amor Philautia

É o amor próprio, onde todo o amor começa. É a base para se construir um relacionamento forte consigo mesmo e, assim, poder formar laços de confiança em todas as outras relações externas de sua vida.

Porém o amor Philautia aparece em duas formas. Uma delas é o falso amor próprio, onde o que prevalece é a arrogância, egoísmo e vaidade, além do gosto pelo poder e pela fama.

A referência para este tipo de amor é o amor Narcisista (Narciso, ícone grego da beleza e do orgulho). Este falso amor próprio tende a colocar-se diante de um bem maior.

Em contrapartida, há a outra face do amor Philautia, que é caracterizada por confiança, autoestima e responsabilidade em cuidar de si mesmo e dos outros à sua volta.

Amor Àgape

É o amor à própria natureza. É um amor universal, incondicional direcionado para todos os seres vivos, sem exceções. É o tipo de amor que nos inspira a fazer o bem, nos ensina a agir com compaixão e altruísmo.

O amor ágape nasce quando há uma forte conexão com a natureza ou com a humanidade de maneira geral, é onde nos sentimos mais próximos de Deus.  Este tipo de amor se aproxima da forma mais pura de amar.

Ele é um amor mais puro, próximo de um ideal de bem-estar afetivo e emocional que se tem com o outro. Aquele que ama desta forma é capaz de se doar à distância sem ser beneficiado por este amor.

Amor Storge

É o amor familiar. Amor entre irmãos, pai e filho etc. A família é o elo mais forte que temos e constituímos em nossas vidas, então nada mais natural que haja um tipo de amor específico que domine esta área.

É um tipo de amor poderoso e eterno, porém não é um amor entre iguais. É um amor incondicional, por exemplo, Pais que fazem qualquer sacrifício por seus filhos, incondicionalmente, sem pedir nada em troca.

Relação com a família sempre sofre altos e baixos e esta capacidade de sempre se renovar, se perdoar, é o que caracteriza o tipo de amor storge. 

Talvez não estivéssemos tão dispostos a fazer certas coisas não fossem por nossas famílias, dentre tantas brigas e acertos, idas e vindas. Isso mostra a solidez do amor storge.

Amor Eros
 
É o mais famoso dos “amores”, é aquele causado pela paixão e pelo desejo, que envolve romance. É o tipo de amor mais perigoso pois desafia toda lógica e, geralmente, consome muito daquele que está apaixonado.

Eros é o nome grego do cupido, que é caracterizado por um menino vendado que atira flechas para todos os lados e causa esse tipo de “amor”. Apesar de ser o mais perigoso dos amores é, também, o mais perseguido.

Esse tipo de amor vai em busca do seu objeto de desejo no sentido de ser um sentimento que nos move a mirar um ponto no horizonte e fazer de tudo para alcança-lo.

O amor do tipo Eros tende a se desgastar com o tempo, pois o desejo fervoroso do início da relação tende a ceder e, se transportar a um outro tipo de amor ou a outros sentimentos variados.

Amor Pragma

É um tipo de amor pragmático. Ele é baseado em um bem maior, na maioria das vezes o romantismo e a atração física ficam de fora no amor pragma em favor de um bem ou meta a ser seguida ou compartilhada.

É comum vermos o amor pragma em casamentos arranjados, ou pais que decidem fazer seus relacionamentos darem certo para poder criar seus filhos, ou até mesmo em alianças político partidárias. 

Pragma é o tipo de amor que nos leva a fazer a coisa certa em nome de um compromisso maior.

Amor Ludus

É o oposto do pragma, ao contrário dele este nasce através de brincadeiras. É um tipo de amor definido por ser mais divertido, pela falta de compromisso, é o que sentimos quando dançamos com um amigo, por exemplo.

O único objetivo do ludus é o prazer, ele é divertido, mas não pode durar por si próprio. Ele é conhecido também como amor platônico, talvez seja um dos mais populares tipos de amor, conhecido como impossível de ser alcançado.

Apesar do aspecto distante de sonho que amor platônico tem, ele também pode ser visto como ingênuo, mas mesmo assim este tipo de amor é capaz de responder a um chamado interno que nos faz sair em busca dos nossos sonhos para alcançarmos tudo o que desejamos.

Amor Philia

É o tipo de amor que compartilhamos com amigos, familiares, irmãos. É um amor sincero, benéfico para ambas as partes e também pode ser platônico. Philia é uma das conexões mais poderosas que alguém pode compartilhar, ela é autêntica, íntima e segura.

O amor Philia é o tipo alegre e grato, ele é um estágio mais maduro de amor pelo qual todos os casais irão passar caso tenham uma união duradoura. Ele alegra-se em doar ao outro e não se importa em ceder às vontades do amado (a).

No entanto, o tipo de amor Philia, está restrito à um número de pessoas. Geralmente cabe ao nosso círculo social. As amizades são um exemplo de cria desse amor, há amigos que são mais especiais que alguns membros da própria família.

Somos seres feitos para amar. Sentir o carinho, afeto, atenção de outra pessoa ou até um animal de estimação, é o que nos faz ter uma vida mais feliz.

Já foi feliz hoje? Aproveite o conhecimento e seja feliz!

Veja Também