Menu
17 de agosto de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
II Congresso de Empresas Familiares
Nacional

Vítima de roubo poderá ficar isenta de tarifa de transporte público

Empresas de transporte público coletivo deverão permitir a viagem gratuita a passageiros que apresentarem boletim de ocorrência

9 Ago2018Agência Câmara14h52

Passageiros do transporte público coletivo que forem vítima de roubo ou furto poderão viajar sem pagar passagem pelo prazo de até 3 horas. A medida consta do Projeto de Lei 9423/17, da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO).

Pelo texto, empresas de transporte público coletivo deverão permitir a viagem gratuita a passageiros que apresentarem boletim de ocorrência (BO) fornecido pela Polícia Civil que comprove a ocorrência de furto ou roubo. A gratuidade é válida por até três horas após a emissão do BO.

A autora afirma que o projeto de lei pretende resguardar pessoas que tiveram bens roubados ou furtados e estão, portanto, sem aparelho de celular, carteira e dinheiro. “É de suma importância permitir aos passageiros se locomover em até 3 horas para o local de sua escolha, por não ter dinheiro no momento da sua necessidade de transporte”, justifica.

Tramitação - O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Veja Também

Espetáculo encena os 100 anos da Santa Casa
Prefeitura promove seminário para valorizar culturas afro e indígena
Área esportiva e piscinas do Jacques da Luz será reformadas
Já está no CRAS o filhote de onça pintada resgatado em escola rural
Desembargador se aposenta e deixa magistratura após 34 anos
Corumbá monta 16 postos de vacinação contra  Poliomielite e Sarampo
HU fecha pronto atendimento médico
Em MS CCR MSVia atua na recuperação e manutenção da BR-163/MS Em caso de chuvas, as obras serão suspensas
Eleições 2018 Com regras rígidas e claras, começa propaganda eleitoral Regras exigem menos barulho e obediência a horários e normas
Orientações sobre idade mínima na educação infantil saem até setembro