Menu
24 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Campo Grande

Vereador quer estimular plantio de mandioca em terreno baldio

Plantio dependeria de consentimento do proprietário, segundo vereador

14 Mai2017Da redação14h40

O enorme vazio urbano existente em Campo Grande está motivando o vereador veterinário Francisco Gonçalves de Carvalho (PSB) a pensar em transformar terrenos baldios, com o devido consentimento do proprietário, em áreas de plantio de rama de mandioca. “Branca ou amarela o consumo de mandioca pode ser comprovada na feira livre”, destacou , esperando contar com o apoio da Câmara para transformar em realidade essa ideia.

A mandioca possui muitas variedades e diferentes denominações de acordo com cada região do país, podendo também ser chamada de aipi, aipim, castelinha, uaipi, macaxeira, mandioca-doce, mandioca-mansa, maniva, maniveira, pão-de-pobre, mandioca-brava e mandioca-amarga são termos brasileiros para designar a espécie Manihot esculenta.

Trata-se de uma raiz rica em carboidratos, secularmente cultivada e consumida em larga escala praticamente em todos os estados da federação. A mandioca foi e ainda é um dos principais responsáveis pela nutrição de milhares de pessoas.

Por ser uma cultura de fácil manutenção, o plantio de rama de mandioca vai permitir que centenas de pessoas que atualmente estão desempregadas passem a prover o próprio sustento somente com a colheita do produto. “Ela (a mandioca) pode ser comercializada por quilo, caixa ou toda a produção no atacado”, destacou o vereador veterinário Francisco, acreditando que tal iniciativa ajudará no fortalecimento da agricultura familiar. 

Outro ponto observado pelo vereador veterinário Francisco é que “se transformando terreno baldio em área de plantio de rama de mandioca, a saúde pública terá como aliada um local limpo e sem a presença do transmissor da dengue, o Aedes aegypti”.

Veja Também

Lei que dá desconto no IPTU a quem instalar câmeras é promulgada
Parque da Capital é fiscalizado após denúncia popular
Canditados já podem conferir se tiveram ou não isenção no Enem
Em Três Lagoas, artesãos serão cadastrados e receberão carteirinha
OAB-MS acionará CNJ contra obrigação de digitalizar processos
Vale Universidade Indígena convoca pré-habilitados para nova etapa
Governo premiará servidores que desenvolvem boas práticas no serviço público
Economia Parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas é regulamentado Valor da parcela mínima será de R$ 50,00 para o microempreendedor individual
Moringa pode purificar a água e ainda combater a desnutrição pelo mundo
Secretário fala de ações do Estado para reforçar a segurança na fronteira