Menu
25 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Gripe

Unidades da Saúde terão plantão

Vacinação pode ser feita nesta sexta-feira e no sábado

21 Abr2017Da redação17h15

Cinco unidades de saúde foram escaladas nesta sexta-feira (21) – feriado de Tiradentes e no sábado (22),  para aplicar as doses da vacina contra  a gripe exclusivamente nas pessoas que integram a primeira fase do grupo de risco (profissionais de saúde e crianças de seis meses até 2 anos de idade). A vacinação acontece das 7h às 11h e das 13h às 17h nos Centros Regionais de Saúde Nova Bahia, Tiradentes, Aero Rancho, Coophavila e na Unidade Básica de Saúde (UBS) Coronel Antonino. Somente nos dois primeiros dias de campanha (dia 18 e 19) 3.599 pessoas já foram imunizadas, sendo 1.752 doses aplicadas em crianças e 1.847 em profissionais de saúde.

A partir da próxima segunda-feira (24), as 65 unidades básicas de saúde da Capital poderão aplicar a vacina nas gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias pós-parto), menores de 5 anos e ainda será possível os profissionais de saúde e crianças de 6 meses a dois anos de idade tomarem a dose. Já os idosos e as demais pessoas do grupo de risco, a campanha estará liberada a partir do dia 2 de maio.

Segundo recomendação do Ministério da Saúde (MS) os professores (público ou privado) do ensino básico, médio e superior, foram inseridos no grupo de risco. Estes profissionais precisam apresentar um holerite atualizado, além dos documentos obrigatórios para todos: Cartão Nacional de Saúde (CNS) e/ou número prontuário da rede de saúde de Campo Grande (Hygia); documento pessoal de identificação; e, a caderneta de vacinação (caso tenha). Já os profissionais de saúde devem levar a carteira de conselho ou holerite; as gestantes e puérperas: cartão da gestante, laudo médico ou exames com identificação; e os indígenas: cadastro na SESAI.

O controle mais rigoroso para imunizar as pessoas do grupo de risco é para atender as recomendações do MS, que não irá disponibilizar doses extras. Além disso, para cada semana que antecede o Dia D – 13 de maio, as doses são específicas para a população estabelecida no cronograma.

Veja Também

Caminhoneiros aceitam acordo e greve será suspensa
AGU já conseguiu 17 liminares para desbloquear rodovias federais
Manifestantes bloqueiam Central da Petrobras
Caminhoneiros não chegam a acordo com governo
Cheia faz Município suspender aulas em escola do Paraguai Mirim
Ruas vazias e postos lotados na Capital
Com sorteio de prêmios, Festa do Sagrado Coração começa no sábado
Copa Assomasul adia jogo devido à greve dos caminhoneiros
Na Capital, combustível acabou em 20% dos postos
Audiência pública debate o reordenamento dos bairros de Dourados