Campo Grande •21 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner águas guariroba - campanha dezembro

Da redação | Quinta, 13 de Abril de 2017 - 17h20Vacina contra a gripe é indicada para crianças a partir de 6 mesesCampanha tem início na próxima segunda dia 17

(Foto: Arquivo DD)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa no dia 17 de abril e a dose é indicada a partir dos 6 meses de vida. O ideal é que todas as pessoas recebam a imunização contra o vírus. A Agência Nacional de Saúde (Anvisa) alterou a composição da vacina em 2017, seguindo a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) que, anualmente, faz uma previsão dos tipos de vírus Influenza que devem circular no mundo.

 O Prof. Dr. Paulo Taufi Maluf Júnior (CRM/SP 21.769), do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas e do Hospital Sírio-Libanês, explica que a alteração está no vírus Influenza A H1N1, que agora é do subtipo Michigan/45/2015.

 “Mesmo que a circulação dos vírus permanecesse a mesma, o grau de proteção diminui ao longo dos meses, em decorrência da redução dos anticorpos. Por isso, a população em especial crianças, idosos e pessoas com comprometimento da saúde devem tomar a dose contra a gripe anualmente. Desta forma, é possível diminuir as chances de surtos e a evolução da doença para formas mais graves”, alerta o médico.

 Os principais sintomas da gripe são febre alta, calafrios, tremores, dor de cabeça, dores no corpo, perda de apetite, tosse seca, dor de garganta, coriza e muita prostração. "A vacina, às vezes, é subestimada porque, para alguns, há a crença de que, mesmo com a imunização a gripe pode ocorrer. No entanto, a doença é debilitante e pode assumir formas graves", alerta o Dr. Paulo Maluf.

O pediatra explica que "as crianças que têm asma e alergias são muito suscetíveis nesta época do ano, devido à incidência do tempo seco, das mudanças repentinas de temperatura e da poluição”.

 Todas as crianças a partir de 6 meses devem ser imunizadas, principalmente aquelas que têm asma, rinite, otite frequentes ou doenças crônicas como diabetes e doenças cardíacas. “A eficácia da vacina contra a gripe é de mais de 80%”, enfatiza o médico.

 O Dr. Paulo Maluf recomenda que, além de manter a caderneta de vacinação em dia, os pais ou responsáveis adotem outras formas de prevenção, como a limpeza frequente das mãos, utilizar lenço descartável para a higiene nasal, manter os ambientes ventilados e evitar ficar próximo a pessoas que apresentem sintomas da doença.

Veja Também
Aeroporto de Campo Grande comemora 54 anos
Sábado, 20 de Janeiro de 2018 - 12h29Emílio Ribas tem dois meses de espera Em São Paulo já fica de espera para conseguir a imunização
Termina domingo eleição do prato de Campo Grande
Devotos passam o dia festejando São Sebastião
Cai o número de acidentes e mortes na BRs em 2017
Sindicato fideliza filiado com serviços
Sábado, 20 de Janeiro de 2018 - 06h33Temperatura pode chegar a 34° Apesar do calor mais intenso há possibilidade de ocorrência de chuva
Defesa de Temer pede arquivamento de inquérito sobre portos
Sociedade precisa se preparar para viver com menos água, diz especialista
Empresas podem quitar débito com Agepan por meio de programa
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento