Menu
25 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Vacinação

Vacina contra a gripe é indicada para crianças a partir de 6 meses

Campanha tem início na próxima segunda dia 17

13 Abr2017Da redação17h20

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa no dia 17 de abril e a dose é indicada a partir dos 6 meses de vida. O ideal é que todas as pessoas recebam a imunização contra o vírus. A Agência Nacional de Saúde (Anvisa) alterou a composição da vacina em 2017, seguindo a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) que, anualmente, faz uma previsão dos tipos de vírus Influenza que devem circular no mundo.

 O Prof. Dr. Paulo Taufi Maluf Júnior (CRM/SP 21.769), do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas e do Hospital Sírio-Libanês, explica que a alteração está no vírus Influenza A H1N1, que agora é do subtipo Michigan/45/2015.

 “Mesmo que a circulação dos vírus permanecesse a mesma, o grau de proteção diminui ao longo dos meses, em decorrência da redução dos anticorpos. Por isso, a população em especial crianças, idosos e pessoas com comprometimento da saúde devem tomar a dose contra a gripe anualmente. Desta forma, é possível diminuir as chances de surtos e a evolução da doença para formas mais graves”, alerta o médico.

 Os principais sintomas da gripe são febre alta, calafrios, tremores, dor de cabeça, dores no corpo, perda de apetite, tosse seca, dor de garganta, coriza e muita prostração. "A vacina, às vezes, é subestimada porque, para alguns, há a crença de que, mesmo com a imunização a gripe pode ocorrer. No entanto, a doença é debilitante e pode assumir formas graves", alerta o Dr. Paulo Maluf.

O pediatra explica que "as crianças que têm asma e alergias são muito suscetíveis nesta época do ano, devido à incidência do tempo seco, das mudanças repentinas de temperatura e da poluição”.

 Todas as crianças a partir de 6 meses devem ser imunizadas, principalmente aquelas que têm asma, rinite, otite frequentes ou doenças crônicas como diabetes e doenças cardíacas. “A eficácia da vacina contra a gripe é de mais de 80%”, enfatiza o médico.

 O Dr. Paulo Maluf recomenda que, além de manter a caderneta de vacinação em dia, os pais ou responsáveis adotem outras formas de prevenção, como a limpeza frequente das mãos, utilizar lenço descartável para a higiene nasal, manter os ambientes ventilados e evitar ficar próximo a pessoas que apresentem sintomas da doença.

Veja Também

MS tem quatro mortes confirmadas por gripe
Projeto
Cães idosos receberão atendimento em shopping
Rotatória receberá sinalização e semáforos
Projeto de Lei assegura Libras em salas de cinema da Capital
Anvisa proibe uso e venda de lentes de contato coloridas no Brasil
Fazendeiro é multado após desmatar 10 hectares e matas do cerrado
Batalhão de Operações Especiais tem novo comandante
MT convoca aposentados e pensionistas de MS da época da divisão
Corrupção é culpada por drama de paciente na Capital