Campo Grande •26 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da Agência Brasil | Segunda, 20 de Março de 2017 - 12h01Uso eficiente de recursos naturais pode injetar US$ 2 tri na economia, diz ONUConclusões apontam ganhos econômicos assimétricos pela eficiência de recursos e extração mais lenta

População mundial deve crescer 28% até 2050
População mundial deve crescer 28% até 2050 (Foto: Divulgação)

O uso mais inteligente e eficiente dos recursos naturais do mundo pode injetar US$ 2 trilhões na economia global até 2050 e também compensar os custos de uma ação ambiciosa contra a mudança climática, segundo as Nações Unidas. As informações são da ONU News, em Nova York.

Em um comunicado, o chefe da ONU Meio Ambiente, Erik Solheim, citou uma nova pesquisa do chamado Painel Internacional de Recursos, um grupo de especialistas de gestão de recursos naturais ligado à agência da ONU, segundo a qual “fazendo um uso melhor dos bens naturais do planeta”, é possível “injetar mais dinheiro na economia para criar empregos e aprimorar meios de subsistência, além de criar os fundos necessários para financiar uma ação climática ambiciosa”.

Potencial sustentável- O relatório “Eficiência de Recursos: Potencial e Implicações Econômicas”, encomendado em 2015,  aponta que o investimento em uma ação climática ambiciosa causaria uma queda de 3,7% no produto global bruto per capita até 2050. No entanto, segundo o documento, o uso mais sustentável de materiais e energia não apenas cobriria o custo de manter o aquecimento global abaixo dos 2 graus Celsius, mas também adicionaria US$ 2 trilhões na economia global até 2050.

Outras conclusões apontam para ganhos econômicos assimétricos pela eficiência de recursos e extração mais lenta, que afetaria algumas indústrias, como mineração. Segundo o relatório, os países, entretanto, ganhariam mais implementando políticas de compensação e transferência para facilitar a transição para práticas mais eficientes do que continuando a apoiar atividades ineficientes.

Além dos benefícios econômicos, a análise mostra que a eficiência e ação climática reduziriam o uso global de recursos em cerca de 28% em 2050, em comparação com tendências atuais.

Segundo estimativas, a população mundial deve crescer 28% até 2050 e usar 71% a mais de recursos por pessoa. Sem medidas urgentes para aumentar a eficiência, o uso global de metais, biomassa, minerais e outros materiais vai subir de 85 bilhões para 186 bilhões de toneladas por ano no mesmo período.

Veja Também
Prefeitura diz que já faz limpeza em bueiros e recorrerá de decisão
Cientista brasileira está entre as cem pessoas mais influentes do mundo
Na Capital, quem mantiver casas e terrenos limpos concorrerá a prêmios
HU assina convênio para implantação de Banco de Cordão Umbilical
UFGD exibirá filme premiado sobre a questão indígena
Valor do IPVA poderá ser recuperado em caso de roubo do veículo
Greve na sexta-feira deixará população sem ônibus
Programação da Festa de Nossa Senhora Auxiliadora começa nesta sexta
Prefeitura oferece tratamento gratuito de acupuntura e homeopatia
Supremo manda goleiro Bruno de volta para cadeia
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento