Menu
20 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Educação

Universidades públicas e privadas criam Conselho de Reitores

CRIE representa mais de 100 mil pessoas, entre acadêmicos, professores e técnicos

19 Ago2017Da redação08h12

Com cinco eixos temáticos capazes de subsidiar o governo estadual e prefeituras na implantação e desenvolvimento de políticas públicas nas mais diversas áreas, o Conselho de Reitores de Instituições de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul (CRIE-MS) passa efetivamente a atuar no Estado a partir da próxima segunda-feira, 21 de agosto, quando acontece a solenidade de fundação e posse de sua primeira diretoria.

A presidência será exercida pelo professor Fábio Edir dos Santos Costa, reitor da UEMS, tendo como vice o padre Ricardo Carlos, reitor da UCDB. O ministro de Estado da Educação, Mendonça Filho, também confirmou presença.

Fruto de uma ação pioneira no Estado e inédita no Brasil por envolver instituições públicas e privadas, o grupo reúne os reitores Fábio Edir dos Santos Costa (UEMS), Marcelo Turine (UFMS), Liane Maria Calarge (UFGD), Luiz Simão Staszczak (IFMS), Leocádia Aglaê Petry Leme (Anhanguera-Uniderp) e o padre Ricardo Carlos (UCDB).

Com um contingente superior a 100 mil pessoas, formado por acadêmicos, professores, técnicos e demais colaboradores, as seis universidades integrantes do Conselho passam a caminhar juntas não apenas visando fortalecer a educação superior, mas também objetivado possibilitar que os conhecimentos produzidos nessas instituições de ensino superior subsidiem de forma mais efetiva o desenvolvimento do Estado.

“Se estivéssemos tratando de densidade populacional, com esse contingente seríamos o quinto município mais populoso de Mato Grosso do Sul, o que é bastante volumoso”, destacou Fábio Edir ao explicar que o CRIE-MS se fundamenta em cinco eixos temáticos: Ciência, tecnologia e inovação; turismo e cultura; internacionalização e mobilidade; excelência da Educação em todos os níveis; e popularização da Ciência.

 “As universidades são produtoras de conhecimento, que por sua vez é indutor do desenvolvimento científico e humano. É justamente com o objetivo de difundir e ampliar a aplicação prática desse imensurável volume de informações que o Conselho estará a disposição para auxiliar o governo do Estado e prefeituras a implementar as políticas públicas necessárias que a sociedade tanto almeja”, argumentou.

Solenidade – A solenidade de fundação e posse da primeira diretoria do CRIE-MS acontece nesta segunda-feira, 21 de agosto, às 9h no Plenário “Júlio Maia”, na  Assembleia Legislativa.

Veja Também