Campo Grande •22 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo - Governo Presente - Matrícula

Da redação | Sábado, 19 de Agosto de 2017 - 08h12Universidades públicas e privadas criam Conselho de ReitoresCRIE representa mais de 100 mil pessoas, entre acadêmicos, professores e técnicos

(Foto: Divulgação)

Com cinco eixos temáticos capazes de subsidiar o governo estadual e prefeituras na implantação e desenvolvimento de políticas públicas nas mais diversas áreas, o Conselho de Reitores de Instituições de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul (CRIE-MS) passa efetivamente a atuar no Estado a partir da próxima segunda-feira, 21 de agosto, quando acontece a solenidade de fundação e posse de sua primeira diretoria.

A presidência será exercida pelo professor Fábio Edir dos Santos Costa, reitor da UEMS, tendo como vice o padre Ricardo Carlos, reitor da UCDB. O ministro de Estado da Educação, Mendonça Filho, também confirmou presença.

Fruto de uma ação pioneira no Estado e inédita no Brasil por envolver instituições públicas e privadas, o grupo reúne os reitores Fábio Edir dos Santos Costa (UEMS), Marcelo Turine (UFMS), Liane Maria Calarge (UFGD), Luiz Simão Staszczak (IFMS), Leocádia Aglaê Petry Leme (Anhanguera-Uniderp) e o padre Ricardo Carlos (UCDB).

Com um contingente superior a 100 mil pessoas, formado por acadêmicos, professores, técnicos e demais colaboradores, as seis universidades integrantes do Conselho passam a caminhar juntas não apenas visando fortalecer a educação superior, mas também objetivado possibilitar que os conhecimentos produzidos nessas instituições de ensino superior subsidiem de forma mais efetiva o desenvolvimento do Estado.

“Se estivéssemos tratando de densidade populacional, com esse contingente seríamos o quinto município mais populoso de Mato Grosso do Sul, o que é bastante volumoso”, destacou Fábio Edir ao explicar que o CRIE-MS se fundamenta em cinco eixos temáticos: Ciência, tecnologia e inovação; turismo e cultura; internacionalização e mobilidade; excelência da Educação em todos os níveis; e popularização da Ciência.

 “As universidades são produtoras de conhecimento, que por sua vez é indutor do desenvolvimento científico e humano. É justamente com o objetivo de difundir e ampliar a aplicação prática desse imensurável volume de informações que o Conselho estará a disposição para auxiliar o governo do Estado e prefeituras a implementar as políticas públicas necessárias que a sociedade tanto almeja”, argumentou.

Solenidade – A solenidade de fundação e posse da primeira diretoria do CRIE-MS acontece nesta segunda-feira, 21 de agosto, às 9h no Plenário “Júlio Maia”, na  Assembleia Legislativa.

Veja Também
No 1º Júri da história de Figueirão, réu é condenado por homicídio
Anatel registra queda nas reclamações contra empresas de telecomunicação
Inscrições para residência médica do HU-UFGD encerram-se sexta-feira
Submarino desaparecido está em fase
Carreta da Justiça realiza 1º Júri da história da comarca de Figueirão
Parada LGBT será realizada neste sábado na Capital
Quarta, 22 de Novembro de 2017 - 12h54Atenção motoristas: BR-163/MS passa por obras da CCR MSVia Em caso de chuva, as obras poderão ser interrompidas
Mega-Sena acumulada pode pagar prêmio de R$ 50 milhões nesta quarta
Programa Saúde do Homem e da Mulher Rural do Senar chega a Figueirão
Governo rescinde contrato com empresa que iniciou Aquário do Pantanal
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento