Menu
22 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Protesto Nacional

Unindo força professores fecham avenida

Cerca de 5 mil professores saíram para as ruas

15 Mar2017Elaine Silva - Especial para Diário Digital09h29
Professores promovem greve (Foto: Luciano Muta)
  • Protestos movimenta todo o Brasil
  • Professores promovem greve (Foto: Luciano Muta)
  • Luta contra a Reforma da Previdência junta vários sindicatos (FOTO:Luciano Muta)_
  • Presidente da FETMS Roberto Botarrelli(FOTO:Luciano Muta)
  • Somente professores foram cerca de 5 mil (FOTO:Elaine Silva)

Contra a Reforma da Previdência, hoje (15) cerca de 5 mil professores saíram em uma manifestação que ocupou a avenida Afonsa Pena, sentido centro-bairro, por volta das 8h. Sindicato esta se manifestante junto com a greve provocada pelos motoristas esta nessa manhã.

Para unir força professores se uniram com os motoristas do transporte coletivo, caminhoneiros e indígenas. Segundo presidente da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (FETEMS)  Roberto Botarelli , o movimento ainda não tem previsão de termino.  “Os deputados que não pensar vão ter que pensar, agora a população vai saber a maldade que eles estão fazendo”, afirma Botarelli.

“ O movimento está em todo o Estado, mas não trouxemos caravanas para cá estamos lutando cada um no seu Estado. Tanto que vamos ter atividades durante todos o dia, estamos apenas no começo”, afirma Roberto. O protesto contra a Reforma da Previdência, juntou várias categorias de trabalhares, bancários, policiais civis, agentes penitenciários, correios e motorista, porém no centro da Capital, apenas estavam representes dos sindicatos dos caminhoneiros, transporte coletivo e dos professores. 

Veja Também