Menu
7 de junho de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Melhorias

Última etapa do recapeamento da 14 de julho se aproxima da conclusão

Obra é complemento do projeto Reviva Campo Grande

21 Mai2020Da Redação16h37

Com previsão do serviço ser concluído em uma semana, foi iniciada nesta quinta-feira (21) a última etapa do recapeamento da Rua 14 de Julho, trecho de 1,2 km entre a Avenida Mato Grosso e a Rua Plutão. A aplicação do novo pavimento foi precedida de uma série de intervenções, remendo profundo em alguns trechos, adequações para acessibilidade com construção de rampas de acesso no meio-fio. Na quarta-feira foi feita a fresagem (remoção) do asfalto antigo. São recursos de um financiamento contratado junto ao BID.

A obra, orçada em R$ 1,9 milhão, é uma complementação do projeto Reviva Campo Grande executado na rua mais tradicional da cidade, que foi revitalizada numa extensão de 1,4 km, entre as avenidas Fernando Correa da Costa e Mato Grosso. Também recebeu novo pavimento no trecho restante, da Fernando Correa da Costa até a Avenida Eduardo Elias Zahran.

 

Segunda fase

Já está em fase de elaboração os projetos executivos das obras previstas na segunda etapa do Reviva Campo Grande, que prevê a execução de 18 quilômetros de recapeamento no quadrilátero formado pelas ruas Fernando Correa da Costa, Pedro Celestino, Mato Grosso e Calógeras.  O projeto abrange intervenções de acessibilidade, arborização e nova iluminação neste perímetro.   Três ruas (Barão de Branco, Dom Aquino e Cândido Mariano) serão recapeadas desde a Rua 25 de Dezembro. A Barão e a Dom Aquino receberão asfalto novo até a Rua Joaquim Nabuco, no entorno da antiga rodoviária. A Cândido Mariano terá o pavimento refeito da 25 de Dezembro até a Cabeça de Boi, na Avenida Noroeste.

Serão recapeadas, entre a Rua Pedro Celestino e a Avenida Calógeras, as ruas 26 de Agosto, Barão de Melgaço, 7 de Setembro, 15 de Novembro, Maracaju, Antônio Maria Coelho e Mato Grosso.  Também receberão asfalto novo neste quadrilátero as ruas Pedro Celestino e Padre João Crippa, a Travessa Mace e a Rua do Padre.

A Rua 13 de Maio será recapeada desde a Avenida Fernando Correa da Costa até a Júlio Dittimar. Ano passado recebeu asfalto novo o trecho entre as avenidas Eduardo Elias Zharan e a Fernando Correa da Costa.  A Rui Barbosa e a Avenida Calógeras, que terão corredor de ônibus, serão recapeadas em toda a extensão. A Rui Barbosa terá corredor de ônibus entre e a Rua Chil e a Avenida Mato Grosso.

O projeto prevê também sinalização viária, paisagismo, instalação de mobiliário urbano, nova iluminação, até padronização de calçadas, inclusive com adoção de piso tátil contínuo. Seguindo a proposta da Rua 14 de Julho, as transversais também vão receber equipamentos urbanos como conjuntos de lixeiras, bancos e bicicletários, além do plantio de mais de 800 árvores.

 

 

Veja Também

Como prevenir acidentes com eletricidade em dias de chuva
PMA apreende 1.000 metros de redes de pesca
Live arrecada alimentos e fraldas para entidades sociais de MS
MS terá mais um fim de semana de temperaturas amenas
Confira passo a passo para obter licenciamento através de aplicativo
Blitz sanitárias abordaram mais de 2,8 mil na Capital
Política de gestão das águas tem adesão de 431 indústrias em MS
TJMS altera competência de varas cíveis de Campo Grande
Com o tema ´Fogo Mata´, Reflore/MS lança campanha contra incêndios
Piscinas públicas da Capital voltam a funcionar em Agosto