Menu
23 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Internacional

Trump aumenta gastos militares e corta verba para meio ambiente

Proposta de Trump dá um aumento de U$ 52 Bilhões para o Pentágono

16 Mar2017Agência Brasil20h00

A proposta orçamentária dos Estados Unidos para 2018, apresentada hoje (16) pelo presidente Donald Trump, quer incrementar os gastos militares, diminuir os recursos para programas de ajuda externa e eliminar o envio de dinheiro do país para o Fundo Verde das Nações Unidas, verba destinada para amenizar as mudanças climáticas. Internamente, a proposta também traz um corte de recursos para a Agência de Proteção Ambiental (EPA).

Por outro lado, a proposta de Trump dá um aumento de U$ 52 Bilhões para o Pentágono. E destina parte da verba para programas nucleares. Além disso, o texto aumenta os recursos para combater o grupo extremista Estado Islâmico, aumentar a quantidade de tropas norte-americanas no Oriente Médio e promover investimentos em equipamentos para a Força Aérea e a Marinha.
As chamadas Operações de Contingência no Exterior terão um fundo de U$ 12 bilhões para financiar gastos extraordinários, em zonas de guerra.

Ambiente prejudicado - O orçamento de Trump prevê o corte de 31% dos recursos destinados à Agência de Proteção Ambiental, e retira o financiamento voltado para questões vinculadas às mudanças climáticas, eliminando o Plano de Energia Limpa – que concentrava as iniciativas para a redução da emissão de dióxido de carbono – e prevendo cortes em programas sobre qualidade da água e ar.

A redução em programas de ajuda externa será de pelo menos 28% e além de suspender a ajuda para o Fundo Verde da ONU, outros financiamentos que eram destinados ao organismo multilateral também serão afetados, como ações de intercâmbio cultural. 

O Departamento de Segurança Interna dos EUA aparece na nova proposta com aumento de quase 7% dos seus recursos, que devem ser usados especialmente para coibir a imigração ilegal e incrementar deportações. Ao todo U$ 5.1 bilhões serão destinados para a construção de um muro na fronteira dos EUA com o México, divididos para este ano e o ano que vem.

Veja Também

A volta da Caravana
A volta das trocas de figurinhas e futebol de botão
Governo coloca à venda veículos e sucatas
Clima Sol e frio previstos para o sábado Amplitude térmica proporciona frio e calor ao longo do dia
Estudo avalia se hidrelétricas na Bacia do Paraguai causam impacto ambiental
OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões
TJ mantém condenação por homicídio culposo em acidente de trânsito
Caravana da Saúde está de volta e ampliada
Assomasul promove treinamento sobre fiscalização de imposto
Empresa realiza maratona de programação para escolher estagiários