Campo Grande •23 de Fevereiro de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Banner Governo do Estado - Campanha Dengue

Domingo, 11 de Setembro de 2016 - 12h58Três pescadores são autuados por pesca ilegal no rio MirandaPesca sem licença não é crime ambiental, porém, quem pesca sem o documento caracteriza-se como infração administrativa

Com os infratores foram apreendidas duas carretilhas com varas e nenhum pescado
Com os infratores foram apreendidas duas carretilhas com varas e nenhum pescado (Foto: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR )

Policiais Ambientais de Jardim realizavam patrulhamento fluvial no rio Miranda, nos municípios de Guia Lopes da Laguna, Nioaque e Jardim, na região da Ponte do Ariranha ao Pesqueiro da Dona Ana e autuaram três pessoas, sendo uma por pesca predatória e duas por pescar sem a licença ambiental.

Um representante comercial, de 51 anos, residente em Ribeirão Preto (SP); e um engenheiro agrônomo, de 45 anos, residente em Maracaju foram autuados por pescar sem a devida autorização para pesca amadora expedida pela Autoridade Ambiental. Com os infratores foram apreendidas duas carretilhas com varas. Eles ainda não haviam capturado nenhum pescado. Cada infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 300,00.

A pesca sem licença não é crime ambiental, porém, a PMA alerta que é documento necessário para a pesca no Estado e sua falta caracteriza-se como infração administrativa, que prevê, além da multa mínima de R$ 300,00 até a máxima de R$ 10.000,00, a apreensão de barco, motor, produto e material da pesca, bem como veículos utilizados.

Outro autuado, um dentista de 33 anos, residente em Sidrolândia, foi preso por pesca predatória. Ele pescava em uma corredeira (local proibido por lei para a pesca) denominada Corredeira Santa Helena, no município de Nioaque. Com o infrator foi apreendido um molinete com vara. Ele responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O infrator também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 700,00.

Veja Também
Prefeita de Dourados decreta ponto facultativo nos dias 27 e 28
Profissional de beleza será multiplicador contra violência doméstica
Professores retomam formação voltada para alfabetização infantil
Homem que matou esposa a facada pega 11 anos de prisão
Lei proíbe Uber e prevê multa e apreensão do veículo
Equipes de tapa-buracos serão ampliadas na Capital
Juíza da Capital é a nova Coordenadora da Infância e da Juventude do TJMS
Após adiamento, UPA será reaberta nesta quinta-feira
Prefeitura negocia desapropriações para retomar obras do macroanel
Senado aprova indicação de Alexandre de Moares para o STF
Square Banner noticias - MS Gás
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento