Campo Grande •17 de Agosto de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner FM Cidade

Da redação | Sábado, 29 de Julho de 2017 - 14h56Treinamento do Governo para a PM de MS inclui técnicas de tiro a Direitos HumanosMais de 50% do efetivo ativo do Estado enfrentou aulas práticas e salas de aula do curso de formação nos últimos dois anos

Mais de 50% do efetivo ativo do Estado enfrentou aulas práticas e salas de aula do curso de formação nos últimos dois anos
Mais de 50% do efetivo ativo do Estado enfrentou aulas práticas e salas de aula do curso de formação nos últimos dois anos (Foto: Divulgação)

Após 19 anos na Polícia Militar, o subtenente Neuri Luiz Roseni, 39 anos, voltou à sala de aula. Nas lições, Direitos Humanos, Constituição e Combate à Homofobia. Após o intervalo, técnicas para serem usados em um tiroteio. Neuri é um dos 3176 treinados nos cursos de formação do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Campo Grande. Nos últimos dois anos, mais de 50% de todo o efetivo da PM de MS passou por qualificação e recebeu promoções do Governo do Estado.

O currículo abrangente do curso foi pensado para preparar os policiais a prestarem serviço de excelência à população. "A gente está voltando para o trabalho com outra visão, um olhar diferente em relação aos Direitos Humanos, à abordagem policial, aos princípios constitucionais, uma nova bagagem certamente", contou o subtenente.

Apesar da rotina árdua do curso, os militares comemoram a possibilidade de ascensão na carreira. Os aprovados têm recebido promoções do Governo do Estado. "Como todo curso militar, esse é bastante rígido e puxado mas vale a pena porque é a realização de um sonho para nós", contou Lúcia Rondon, de 44 anos. Na Corporação há 18 anos, ela confessou que seguir a carreira de oficial – cujo ingresso é feito por intermédio do curso – era o objetivo desde que ingressou na PM.

Ari é um dos 3176 alunos dos cursos de formação do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças. Após se formarem, os policiais passarão de subtenentes a 2º tenente. Além do aumento salarial de cerca de 10%, eles ingressarão em outro estágio na Polícia que permitirá ascensão contínua até o cargo de major – o que não seria possível sem o curso, pois já tinham atingido o cargo máximo como praças (soldados, cabos, sargentos e subtenentes).

Já o quadro de oficiais, cujo ingresso na Corporação é diferenciado, permite a ascensão dos tenentes a capitães, majores até a patente de coronel. "Sem o curso não poderíamos ter essa promoção", lembrou Lúcia.

"A expectativa não é somente financeira, mas é também em termos de reconhecimento pelos serviços prestados", explicou o subtenente Ari Weis, de 49 anos. Ele contou que a rotina do treinamento pelo curso é intensa, inclusive com muitas provas. Mas, os resultados compensam o esforço. "Você dá o retorno tanto para sua família quanto para a sociedade", adiantou.

A mudança é visível quando os policiais ingressam e se formam no curso, avaliou o instrutor Francisco Ojeda. "É importante que o PM esteja treinando e preparado para que possa minimizar os riscos para a sociedade", enfatizou. Cada um dos formandos será direcionado a um batalhão de Polícia e lá irá atuar como multiplicador dos conhecimentos adquiridos.

Veja Também
Capital inaugura casa de acolhimento para pessoas com deficiência
Três Lagoas intensifica vacinação contra HPV e Meningite
Estudante do IFMS é selecionado para o Parlamento Jovem Brasileiro
Mais de 40% dos flagrantes de violência contra a mulher resultam em prisão
Regional abre portas do PAM e desagrada prefeitura
STF nega indenização a MT por criação de parque indígena
CMO abre portões à comunidade no dia 27 de agosto
Enfermagem da Uems tem primeiro grupo de acadêmicos no Samu
MS poderá ter Cadastro de Condenados por Racismo ou Injúria Racial
Indígenas bloqueiam rodovia entre Dourados e Itaporã
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento