Menu
21 de setembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Obra

Trecho da rua 14 de Julho começa a ser recapeado na próxima semana

Recapeamento da via faz parte do projeto de revitalização Reviva Centro

12 Set2019Da redação12h45

Com  a  expectativa de  entrega no próximo sábado do recapeamento  na Rua Pernambuco, trecho de  1,3 km  entre a Rua Ceará e a Avenida Nelly Martins, a partir da segunda-feira, dia 16, a frente de serviço se deslocará para a região no entorno do Cemitério Santo Antônio. Será refeito o asfalto nos 700 metros de extensão da Avenida Consolação (entre a Avenida Calógeras e a Rua 13 de Maio), mais 1,4 km da 14 de Julho  – entre as Avenidas Consolação e Fernando Correa da Costa  e o mesmo trecho, na Rua 13 de Maio.

O recapeamento deste trecho da 14 de Julho complementa  o projeto de revitalização da principal e mais tradicional via comercial de Campo Grande, o Reviva Centro, que vai da Fernando Correa da Costa até a Avenida  Fernando Correa da Costa, com  inauguração prevista para o dia 30 de novembro.

O cronograma do recapeamento está atrelado a substituição do encanamento da rede de água,  de cimento amianto por canos de  PVC , prevista no contrato de concessão da Águas Guariroba. Neste ano serão executados 30  quilômetros de recapeamento e mais 30 quilômetros de 2020,  trechos onde a troca de encanamento danifica o pavimento. Já foi  refeito o asfalto em 1,6  km da  Rua Arthur Jorge, entre as Avenidas Mato Grosso e Rachid Neder.

Na Rua Pernambuco, especificamente, estão programados dois trechos, um de 850 metros (já concluído), entre as ruas Padre João Crippa e Bahia. Na quarta-feira o serviço está sendo feito na última quadra da via, entre a Avenida Nelly Martins e a Rua Praia Pirituba. Com recursos do Finisa, financiamento já contratado pela Prefeitura junto à Caixa Econômica Federal, serão feitos mais 1,550 quilômetro, da 13 de Maio até a Rua Padre João Cripa e da Ceará até a Rua Bahia.

 

Planejamento - Até o final de 2020 a Prefeitura tem planejado a execução de aproximadamente 150 quilômetros de recapeamento, com diferente fonte de  financiamento. Com recursos do Finisa (em torno de R$ 15 milhões) serão feitos  28,5 km nas sete regiões urbanas; mais 35km com recursos  do Orçamento Geral da União (alocado por meio de emendar coletiva da bancada federal). Todas as ruas do perímetro central (quadrilátero formado pelas ruas Fernando Correa da Costa/Pedro Celestino/Mato Grosso e Calógeras) serão recapeadas com recursos do Reviva Centro. O asfalto será refeito em vias  como Bahia, Rui Barbosa, Bandeirantes, Gury Marques, Gunter Hans, Avenida Florestal (Acesso ao conjunto Coophatrabalho), recursos do Mobilidade Urbana, PAC Pavimentação e Reviva.

 

Veja Também

Cooperativa Sicredi inaugura nova agência em Nioaque
MS será o primeiro a universalizar tratamento sanitário, anuncia governador
Combate aéreo e terrestre tenta extinguir fogo na Caiman
Sessão solene comemora o Dia de Cultura de Paz na segunda
Energisa realiza ações de manejo no Dia da Árvore na Capital
Menina de 8 anos morre vítima de bala perdida no Complexo do Alemão
Parque da Capital poderá receber piscina olímpica
Blitz do Balanço Geral MS agita Centro da Capital
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 38 milhões
PMA autua pecuaristas em R$ 318 mil por desmatamentos ilegais