Menu
20 de junho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Inflação

Tomate terá preço reduzido já em maio

Mercado atacadista terá alterações no preço

21 Mai2019Byanca Santos - Especial para o Diário Digital18h51

O tomate vinha sendo o vilão na hora das compras. O produto que chegou a custar mais de R$ 6,00 reais em alguns mercados atacadistas do país. De acordo com o 5º Boletim Prohort, divulgado nesta terça-feira, 21 de maio, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a fruta esteve 70% mais caro em abril deste ano, se comparado com o mesmo período no ano passado.

A cebola é a hortaliça que está pesando para o consumidor atacadista que vem aumentando desde outubro do ano passado. O motivo é a pouca oferta do produto no mercado, influenciada pela queda de preços entre maio e setembro de 2018. A expectativa é que haja diminuição de preços somente no segundo semestre, quando o mercado será abastecido com a safra da região Nordeste e também de Goiás e São Paulo.

No caso das frutas, o mamão ficou mais barato no atacado em abril, a laranja também tende a ficar mais barata, mas neste caso, a explicação deve-se ao aumento na oferta, graças à boa produtividade. A expectativa é que esta seja a melhor safra em 10 anos, chegando a uma colheita 36% superior que a registrada em 2018.

Fonte: Asseossria da Companhia Nacional de Abastecimento - Conab

Veja Também

Investir em educação é eficaz para redução de homicídios, diz Unicef
Total médio de anos de estudo cresce no Brasil, diz pesquisa do IBGE
Movimentos brasileiros pela sustentabilidade
Campanha vai imunizar 200 mil cães e gatos
Corpus Christi altera funcionamento dos serviços públicos; confira
Servidores arrecadam seis mil peças de roupas e doam para FAC
Agehab divulga lista de habilitados para sorteio de apartamentos na Capital
Detran não abre na sexta, mas vistoriadoras mantêm atendimento
Zezé Di Camargo faz campanha pró Cota Zero em MS
Operação Limpa Pátio no Detran-MS