Menu
23 de setembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Inflação

Tomate terá preço reduzido já em maio

Mercado atacadista terá alterações no preço

21 Mai2019Byanca Santos - Especial para o Diário Digital18h51

O tomate vinha sendo o vilão na hora das compras. O produto que chegou a custar mais de R$ 6,00 reais em alguns mercados atacadistas do país. De acordo com o 5º Boletim Prohort, divulgado nesta terça-feira, 21 de maio, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a fruta esteve 70% mais caro em abril deste ano, se comparado com o mesmo período no ano passado.

A cebola é a hortaliça que está pesando para o consumidor atacadista que vem aumentando desde outubro do ano passado. O motivo é a pouca oferta do produto no mercado, influenciada pela queda de preços entre maio e setembro de 2018. A expectativa é que haja diminuição de preços somente no segundo semestre, quando o mercado será abastecido com a safra da região Nordeste e também de Goiás e São Paulo.

No caso das frutas, o mamão ficou mais barato no atacado em abril, a laranja também tende a ficar mais barata, mas neste caso, a explicação deve-se ao aumento na oferta, graças à boa produtividade. A expectativa é que esta seja a melhor safra em 10 anos, chegando a uma colheita 36% superior que a registrada em 2018.

Fonte: Asseossria da Companhia Nacional de Abastecimento - Conab

Veja Também

Governo sanciona lei que facilita renegociação de dívidas com Agehab
Pecuaristas são multados em R$ 104 mil por desmatamentos ilegais
Confira escala médica nas UPAs e CRSs para este domingo
Governo vai pavimentar rodovia que liga Norte do MS ao Pantanal e Bonito
Digital influencer leva curso de marketing digital e ensina sobre moda na periferia
Decreto institui grupo para cobrar inscritos na dívida ativa
MS sedia evento regional de internet e tecnologia
Descubra alguns hábitos que interferem na saúde dos dentes
Pesquisas indicam ingestão de microplásticos por humanos
Cliente fidelizado pode se tornar porta-voz do negócio