Campo Grande •18 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner águas guariroba - campanha dezembro

Da redação | Terça, 11 de Outubro de 2016 - 11h58Temporada de chuva e calor é alerta para dengue, diz CCZ de DouradosTrabalho de combate ao mosquito foi intensificado onde Liraa apontou maiores índices de infestação

(Foto: Divulgação)

Com a chegada da primavera que prevê, neste mês de outubro, muita chuva e altas temperaturas, o alerta da prefeitura de Dourados, através do CCZ (Centro de Controle de Zoonozes) é para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Em Dourados, mesmo no inverno, com a queda de notificação de casos de dengue, o trabalho dos agentes de endemias continuou nos bairros, com visitas domiciliares, baseados nas notificações e a realização de inspeção do imóvel, orientação aos moradores, eliminação e tratamento (com larvicida) dos focos e possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti.

No último Liraa (Levantamento do Índice Rápido de Aedes aegypti) realizado entre os dias 29 de agosto a 2 de setembro, o índice de infestação do aedes aegypti caiu para 0,1%. Foram inspecionados 3.402 imóveis, em oito regiões, e encontrados seis focos do Aedes aegypti, sendo cinco positivos.

Os bairros onde foram registrados maiores índices de infestação do mosquito são Canaã III e Terra Roxa, onde o índice foi de 0,5%. Em cada bairro foi encontrado um foco e visitados 419 residências.

Em outra região, onde está o Residencial Pelicano, foram localizados dois focos e o índice ficou também em 0,5% e foram visitados 428 imóveis.

No Jardim Novo Horizonte foi localizado dois focos do Aedes aegypti e o IPP ficou em 0,2%. Na região foram inspecionadas 409 residências. No restante dos bairros conforme o Liraa, o índice de infestação é de 0,0%.

O trabalho de combate ao mosquito foi intensificado nos bairros onde o Liraa apontou os maiores índices de infestação.

A coordenadora do CCZ, Rosana Alexandre da Silva, alerta que as inspeções nos imóveis continuam e nos imóvel em situação crítica, que atendem as solicitações previstas na Lei Municipal nº 3965, de 11 de fevereiro de 2016, será notificado e estará sujeito a multa.

Mutirão - Neste sábado, dia 8, o serviço de combate ao mosquito será no BNH 1º Plano, das 7h às 13h. O ponto de encontro será no Ceper.
Os agentes de endemias realizarão a visita domiciliar, no BNH 1º Plano e imediações, realizando a inspeção do imóvel, orientação aos moradores, eliminação e tratamento (com larvicida) dos focos e possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e zika.

Veja Também
Corumbá já registrou 68 casos de conjuntivite neste ano
Divulgada resolução que orienta sobre inscrições no Vale Universidade
3º Pré-Carnaval do Valu será neste sábado com entrada franca
MEC antecipa data do Sisu; inscrições começam dia 23
Em 17 dias, 24 mil buracos foram tapados na Capital, diz prefeitura
Agesul libera desvio e restabelece o tráfego na MS-338
População pode se cadastrar para receber alertas de desastre da Defesa Civil por SMS
MEC autoriza uso de nome social na educação básica a travestis e transexuais
Governadora anuncia retomada
CNH Digital já está disponível em Mato Grosso do Sul
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento