Campo Grande •23 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo - Governo Presente - Matrícula

Da Agência Brasil | Domingo, 20 de Agosto de 2017 - 15h43Temer e presidente do Paraguai vão discutir segurança na fronteira e MercosulTemer e Cartes vão avaliar os resultados das recentes operações conjuntas de combate ao crime organizado

Os presidentes do Brasil, Michel Temer, e do Paraguai, Horacio Cartes, reúnem-se amanhã (21), em Brasília, e discutem temas como a relação econômica entre os dois países, segurança na região de fronteira, a crise na Venezuela e a eliminação de barreiras ao comércio no Mercosul.

No encontro, Temer e Cartes vão avaliar os resultados das recentes operações conjuntas de combate ao crime organizado, de acordo com o porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola.

Brasil e Paraguai tem 1.300 quilômetros de fronteira. Outro tema que deve ser tratado pelos presidentes é a usina hidrelétrica de Itaipu, que abastece os dois países.

Mercosul

Em relação ao Mercosul, a previsão é de que, além da questão sobre barreiras ao comércio, os presidentes abordem as negociações sobre a celebração de um acordo comercial entre o bloco e a União Europeia. O Brasil está na presidência temporária do Mercosul e o Paraguai será o próximo país a assumir o posto, no primeiro semestre de 2018.

Pela manhã, Temer recebe o presidente do Paraguai no Palácio do Planalto. Em seguida, oferece um almoço no Itamaraty a Cartes e a delegação paraguaia. Como parte da visita de Estado, Horacio Cartes será recebido na Câmara dos Deputados, no Senado e no Supremo Tribunal Federal.

Relação comercial

O Brasil é o principal parceiro comercial do Paraguai. Absorve cerca de 20% do total das exportações paraguaias e fornece aproximadamente 25% de suas importações. Entre os principais produtos exportados pelo Brasil estão adubos e fertilizantes, cervejas, fumo, fungicidas e ladrilhos/cerâmica. Já entre os importados estão o milho, trigo, material elétrico e soja.

Em 2016, o intercâmbio bilateral alcançou US$ 3,4 bilhões. Nos sete primeiros meses de 2017, o intercâmbio bilateral chegou a US$ 2,1 bilhões, o que representa alta de 19% em relação ao mesmo período do ano passado.

Veja Também
Acusado de matar segurança vai a júri nesta sexta
Projeto Emagrece CG realiza ação neste sábado para combater obesidade
Semed abre pré-matrícula para alunos novos de escolas integrais
Baile dos idosos se despede do ano com show do grupo Pantaneiros
Quinta, 23 de Novembro de 2017 - 12h50CCR MSVia dá sequência a obras e serviços na BR-163/MS Em caso de chuva, as obras poderão ser interrompidas
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 60 milhões no sábado
Quinta, 23 de Novembro de 2017 - 11h29Começa terceira fase de saques do PIS/Pasep Anteriormente, a programação de atendimento da 3ª fase de pagamentos previa saques a partir de 14 de dezembro
Governo finaliza compra de uniformes, kits e merenda escolar para 2018
Quinta, 23 de Novembro de 2017 - 10h35Vacina contra o HPV é aliada do Novembro Azul Mês de novembro é dedicado principalmente para quebrar o preconceito masculino de ir ao urologista
‘Ônibus da Saúde’ leva atendimento oncológico até Fátima do Sul no próximo sábado
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento