Campo Grande •18 de Outubro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Rota das Estações - Primavera

Da Agêcia Brasil | Quinta, 18 de Maio de 2017 - 10h30Temer altera a agenda e cancela compromissosAgenda do presidente Michel Temer foi alterada no meio da manhã de hoje (18)

Agenda inicial previa reuniões com parlamentares do PSDB, PMDB, PP, DEM, PTB, PSD e PSB. Após o encontro que teve com o coordenador da bancada do Acre, senador Sérgio Petecão (PSD), os demais compromissos foram cancelados, por volta das 10h.  

De acordo com o Palácio do Planalto, o presidente terá hoje despachos internos.

Na saída da reunião com Michel Temer, Petecão disse que o presidente estava tranquilo durante o encontro, e que falou muito em “conspiração”. “Essa foi a palavra que ele mais usou”, disse o senador. Segundo ele, Temer deverá fazer ainda hoje um pronunciamento ao país.

“Ele falou várias vezes: 'não vou cair, vou ficar firme, estou firme'. Pediu as fitas, os áudios, falou também que vai fazer pronunciamento em rede nacional. Falou que vai ver os vídeos e os áudios. Acredita que é uma conspiração. Nesse momento que o governo começa a dar sinais. Esse fato [as denúncias] prejudica o país. Todo mundo está preocupado”, acrescentou o senador.

No início da noite de ontem (17), o jornal O Globo publicou reportagem, segundo a qual, em encontro gravado em aúdio, em março deste ano, pelo empresário Joesley Batista, do grupo JBS, Temer teria sugerido que se mantivesse pagamento de mesada ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e ao doleiro Lúcio Funaro para que estes ficassem em silêncio. Batista, conforme a reportagem, firmou delação premiada com o Ministério Público Federal e entregou gravações sobre as denúncias.

Em nota, a Presidência da República informou que o presidente Michel Temer "jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha", que está preso em Curitiba, na Operação Lava Jato. A nota diz ainda que o presidente "não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar".

Segundo a Presidência, o encontro com o dono do grupo JBS foi no começo de março, no Palácio do Jaburu. "Não houve, no diálogo, nada que comprometesse a conduta do presidente da República".

Veja Também
CCJ reinicia hoje discussão sobre parecer que trata de denúncia contra Temer
Quarta, 18 de Outubro de 2017 - 10h30Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios Reajuste ocorre em duas parcelas
Quarta, 18 de Outubro de 2017 - 08h28Praça Ary Coelho recebe no sábado atividades visando à prevenção do câncer de mama Subsecretária de Políticas para Mulheres Carla Stephanini explica que evento leva aos munícipes informações de prevenção ao...
Incêndio no Parque das Várzeas do Rio Ivinhema já atingiu 18 mil hectares
Quarta, 18 de Outubro de 2017 - 07h54Ato em defesa do Sistema Único de Assistência Social acontece nesta quarta-feira Pela carta, valor orçamentário para 2018 deve respeitar o aprovado pelo Conselho Nacional de Assistência Social
Quarta, 18 de Outubro de 2017 - 07h18Capital poderá temperatura máxima de 36° Ocorrência de chuvas no período da tarde em todo o estado
Liminar garante atendimento de advogados no sistema penitenciário
Confira dicas para acabar com o ronco
Homem que matou em briga de bar é condenado a 8 anos de prisão
Veto cai e Capital poderá entrar na era dos parklets
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento