Campo Grande •28 de Março de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da Agência Brasil | Terça, 27 de Setembro de 2016 - 11h40STF julga denúncia contra a senadora Gleisi e o ex-ministro Paulo BernardoGleisi e Paulo Bernardo foram denunciados ao Supremo sob acusação de ter recebido R$ 1 milhão para campanha da senadora

Supremo Tribunal Federal
Supremo Tribunal Federal (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar hoje (27), a partir das 14h, a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e seu marido, o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo.

Em maio, Gleisi e Paulo Bernardo foram denunciados ao Supremo sob a acusação de ter recebido R$ 1 milhão para a campanha da senadora em 2010.

De acordo com depoimentos de delatores na Operação Lava Jato, o valor é oriundo de recursos desviados de contratos da Petrobras. Ambos foram citados nas delações do doleiro Alberto Youssef.

Em documento encaminhado ao Supremo, a defesa do casal diz que as acusações são “meras conjecturas feitas às pressas” em função de acordos de delação premiada. “A requerida [senadora] jamais praticou qualquer ato que pudesse ser caracterizado como ato ilícito, especialmente no bojo do pleito eleitoral ao Senado Federal no ano de 2010, na medida em que todas as suas contas de campanha foram declaradas e integralmente aprovadas pela Justiça Eleitoral.”

O relator da denúncia é o ministro Teori Zavascki. O colegiado também é formado pelos ministros Celso de Mello, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

Veja Também
MIS e Sindjor realizam Mostra Cinema e Imprensa gratuita
Terça, 28 de Março de 2017 - 11h38Ex-gerente da Petrobras é preso na 39ª fase da Operação Lava Jato Dirigente, operador financeiro e intermediário entre os executivos, agentes públicos admitiram o pagamento de propinas
Homem confessa ter assassinado esposa no Parque do Lago
Terça, 28 de Março de 2017 - 09h27Morre aos 87 anos Ahmed Kathrada, ex-companheiro de cela de Nelson Mandela Kathrada foi libertado junto com seus companheiros de prisão em 1989
Terça, 28 de Março de 2017 - 08h33Turismo: estudantes poderão concorrer a 10 mil vagas em ensino técnico Previsão é de que as aulas comecem em agosto
Terça, 28 de Março de 2017 - 07h18Sol com chuva no período da tarde Temperatura máxima não deve superar a marca de 28°
I Seminário de Mulheres Indígenas em MS
Sem-terra deixam usina de Bumlai e invadem Incra
Brasil desativou mais de 10 mil leitos pediátricos em seis anos, diz entidade
Salas de aula atingidas por incêndio serão demolidas
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento