Menu
18 de abril de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Super Banner SEGOV - VALE UNIVERDADE
Nacional

Sobe para 160 número de mortos identificados em Brumadinho

Nove mortos ainda não foram identificados e 160 pessoas seguem desaparecidas

11 Fev2019Agência Brasil17h19

Subiu para 160 o total de óbitos identificados após o rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG).

De acordo com balanço divulgado hoje (11), pelo Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, nove mortos ainda não foram identificados e 160 pessoas seguem desaparecidas – entre funcionários da Vale, terceirizados que prestavam serviços à mineradora e membros da comunidade.

No 18º dia de buscas, as operações contam com um efetivo de 376 homens, incluindo 158 militares de Minas Gerais, 132 de outros estados e 63 da Força Nacional. Há também 22 voluntários que auxiliam as equipes. A tragédia deixou ainda 138 pessoas desabrigadas.  

Os bombeiros continuam  as buscas por vítimas na região de Brumadinho, onde a barragem da mineradora Vale, se rompeu, no dia 25 de janeiro, e um mar de lama atingiu casas, uma pousada, o refeitório da empre e outros locais, deixando mortos e desaparecidos.

Veja Também

Confira escala médica das UPAs e CRSs nesta quinta-feira
Movimento cresce no Mercadão
Pesquisa  revela alta de 16,27%
Engepar já concluiu 57% da obra da 14
Campanha pede respeito aos direitos das pessoas com deficiência
Calçamento em unidade de saúde da Capital recebe adequações
Poder Judiciário não terá expediente nos dias 18 e 19 de Abril
Publicidade enganosa ou abusiva poderá ter pena maior
Resultado do pedido de isenção da taxa do Enem já está disponível
Emha sorteará apartamentos na Capital