Campo Grande •23 de Outubro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Águas Guariroba - Orgulho - Melhores empresas, da Águas Guariroba

Da redação | Segunda, 7 de Agosto de 2017 - 15h40Situação da Santa Casa pode virar alvo de CPIObjetivo é averiguar como direção do hospital está utilizando dinheiro público

(Foto: Marco Miatelo)

A situação da Santa Casa de Campo Grande que está com portões fechados desde 2 de agosto alegando superlotação poderá ser alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal da Capital. O autor da proposta é o vereador Chiquinho Telles (PSD). Ele afirma que o objetivo é averiguar como a direção da Santa Casa está utilizando o dinheiro repassado pela prefeitura. “Precisamos saber para onde está indo os recursos”, argumentou.

Atualmente, o hospital está sem contrato com a  prefeitura de Campo Grande. Para abrir uma CPI será necessário colher  10 assinaturas dos demais vereadores, além de definir objeto a ser apurado e lapso temporal.

Com a abertura da CPI, Chiquinho Telles não descarta também  a visita de integrantes da Câmara Municipal de Campo Grande à Santa Casa, que terá como objetivo uma vistoria para identificar superlotação. “Essa expedição poderá ocorrer na quarta-feira”.

A prefeitura e a direção do hospital não chegaram a um consenso para realizar a assinatura de contratualização. O maior impasse refere-se à forma de pagamento que é feita pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que paga por produção os procedimentos realizados. A Santa Casa discorda do método.

Nest segunda-feira, 7 de agosto, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) informou que vai levar a situação da Santa Casa ao Ministério Público Federal (MPF).

Déficit - Segundo o presidente da Santa Casa Esacheu Nascimento, há um déficit financeiro de R$ 3 milhões e um contrato que a prefeitura de Campo Grande não quer assinar.

“Desde dezembro estamos trabalhando sem um contrato com o município. Há uma questão de ordem financeira que precisa ser resolvida. É preciso trazer mais apoio para que a Santa Casa possa continuar atendendo a população com qualidade e de maneira eficiente”, relata.

O governo do Estado afirmou que o repasse da verba para a Santa Casa está sendo depositado em dia, mas a prefeitura afirma que há uma pendência de R$ 2,5 milhões que é da parte do Estado.

Veja Também
Mais de 12 mil alunos da rede municipal participam da Prova Brasil
Área usada como ‘garagem de ônibus’ gera transtornos
Rodoviária é palco da exposição 'Campo Grande - 40 anos de Capital'
Projeto colaborativo combate obesidade na Capital
Turista espanhola é morta por policiais na Rocinha
Últimos dias de pesca nos rios de MS antes do defeso
Servidor estadual terá semana com programação especial
Segunda, 23 de Outubro de 2017 - 12h52Na BR-163/MS, obras da CCR MSVia operam em pare-e-siga Em caso de chuvas as obras poderão ser suspensas, retornando tão logo elas cessem
HU abre inscrições para residências Médica e Multiprofissional
Segunda, 23 de Outubro de 2017 - 11h23Time UFGD representa o MS nos Jogos Universitários Brasileiros Jogos Universitários é o mais importante evento esportivo universitário do país
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento