Menu
19 de novembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Agepen

Servidores recebem qualificação em curso para Central de Alvarás

Central de Alvarás é responsável pela consulta processual para efetivação dos benefícios legais

15 Jun2019Da redação16h17

Com a proposta de ampliar o conhecimento técnico e aprimorar a utilização das ferramentas dos sistemas de informação ligados à segurança pública, servidores da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) concluíram o curso voltado à Central de Alvarás, na Escola Penitenciária (Espen).

“Decidi participar na busca pelo conhecimento e com a vontade de aprender cada vez mais; esse curso abriu um leque de oportunidades dentro da minha carreira”, é o que garantiu a servidora da área de Segurança e Custódia, Juliana Almeida Tristão.

Atuando no setor de Educação do Estabelecimento Penal Feminino “Irmã Irma Zorzi”, na capital, Juliana explica que encontrou na capacitação uma chance de aperfeiçoamento em outras áreas relacionadas ao sistema penitenciário. “Tudo que foi ensinado foi muito válido, se relaciona com nossa rotina de trabalho e podemos nos deparar com situações que exigem um conhecimento mais técnico, talvez não agora, mas futuramente”, complementou.

Com carga horária de 20 horas, a qualificação foi ministrada por servidores penitenciários de carreira com experiência na área, além de representantes do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Ministério Público Estadual e da Justiça Federal. Ao todo, 48 servidores penitenciários concluíram o curso.

O diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, agradeceu a disponibilidade dos professores, dos servidores que estiveram dispostos a se capacitarem, e ao apoio e iniciativa da Escola Penitenciária.

“Se queremos buscar melhorias para o sistema prisional e para a nossa carreira temos que partir exatamente desse caminho, buscando qualificação e conhecimento que vai possibilitar crescimento para a instituição”, afirmou, destacando a importância da criação da Central de Alvarás. “Com o esforço dos próprios agentes penitenciários que isso foi possível, em especial o Mauro Deli Veiga; com este setor contribui muito para a rotina de trabalho dos servidores dentro das unidades penais, possibilitando agilidade no cumprimento das determinações judiciais”, disse.

Oficialmente instituída em 2015, por meio de parceria entre a agência penitenciária e o Tribunal de Justiça, a Central de Alvarás é responsável pela consulta processual para efetivação dos benefícios legais, como alvará de soltura, progressão de regime ao semiaberto e aberto, livramento condicional e saídas temporárias para tratamento de saúde dos custodiados de várias unidades prisionais de Mato Grosso do Sul.

Atuando há quatro meses na Central de Alvarás, a servidora Edvânia Biserra Amario Garcia, da área de Segurança e Custódia, assegura que aprendeu muitos pontos importantes na questão de execução penal e progressão de regime. “Agora vou ficar mais atenta em todas as pesquisas que eu for realizar, além disso, vai facilitar na hora da análise de cada interno, vou conseguir identificar uma situação ou pendência com mais agilidade”, ressaltou.

Para fechar a capacitação, os servidores participaram de uma palestra motivacional com o tema “Integração de Equipe e a Importância da Comunicação”, ministrada pelo coronel do Corpo de Bombeiros Militar da Reserva Remunerada, Sidnei Ribeiro da Cruz, através de dinâmicas em grupo, exemplos visuais e demonstração de conceitos.

De acordo com o diretor da Espen, Vilson Guedes, o projeto da escola é oportunizar qualificação dos servidores de todas as áreas da Agepen. “O objetivo da Espen é sempre trabalhar agregando conhecimento, atualização, dando um suporte de trabalho para nossos colegas que estão nas unidades penais e em diferentes setores”, finalizou.

Veja Também

Black Friday até em academia
Prefeitura deve multar consórcio Guaicurus
Terça-feira com máxima de 34°C
Rua 14 de Julho recebe acabamento para inauguração
Selo Arte abre horizonte de oportunidades em MS, diz Reinaldo Azambuja
Renovação de matrículas em Três Lagoas começa nesta terça-feira
Fim de semana teve duas mortes por afogamento na Capital
Uso do cinto de segurança nos ônibus interestaduais ganha campanha educativa
Vídeo de jacarés fugindo de trator no Pantanal repercute nas redes sociais
Guardas são afastados das ruas após ação em terminal