Menu
21 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Censo Previdenciário

Servidores que não se recadastraram têm benefícios suspensos

Servidores foram temporariamente retirados da folha de pagamento do Estado

3 Out2016Da redação15h21

O Censo Cadastral Previdenciário do Poder Executivo estadual de Mato Grosso do Sul, encerrado em 2 de setembro, ainda possui de 1.996 segurados que não realizaram a atualização cadastral. Os servidores foram temporariamente retirados da folha de pagamento, até que a atualização de dados seja feita.

Conforme dados da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD) e Agencia Previdenciária de Mato Grosso do Sul (Ageprev) até a sexta-feira (30), de 2.268 segurados convocados no Diário Oficial do Estado (DOE) do último dia 15 de setembro, apenas 272 procuraram os órgãos designados para regularizar sua situação.

Dos 539 segurados ativos convocados pelo Governo do Estado,  137 procuraram a SAD para fazer o recadastramento. No total de ausentes ativos se insere parcela de servidores que estavam em trâmite para a aposentadoria durante o Censo e ainda aqueles em vacância, ou sejam, cedidos para outros órgãos e para os quais não incidem vencimentos.

No caso dos segurados aposentados, 66 dos 854 servidores convocados compareceram posteriormente à publicação no Diário Oficial. Quanto aos pensionistas, dos 875 ausentes, apenas 69 procuraram a Ageprev para atualizar seus dados junto ao regime próprio da Previdência Social de Mato Grosso do Sul.

O bloqueio de benefícios dos segurados que não realizaram atualização acontece já a partir da folha de pagamento do mês de setembro, em conformidade com os termos do decreto nº 14.427 de 21 de março de 2016, e da resolução nº 1, da Secretaria de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD) e Agência de Previdência Social (Ageprev).

A assessora jurídica da Segov e Coordenadora do Censo Ana Carolina Nardes, lembra que ainda está em tempo do segurado que não realizou o Censo reverter o quadro de suspensão de benefícios. “Uma vez efetivada a regularização, o segurado volta a receber seus benefícios, em prazo que depende da data de fechamento da folha”. A assessora observa que, se não houver comparecimento do segurado aos locais determinados até março de 2017, será aberto procedimento legal para desligamento definitivo da folha de pagamento.

Para realizar o recadastramento:

Segurado inativo ou pensionista: Agência de Previdência Social (Ageprev), na Avenida Mato Grosso, nº 5.778, bloco I, Jardim Veraneio.

Segurado ativo: Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD), na Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, bloco I, Parque dos Poderes.

Documentação: Para conferir os documentos necessários na página do Censo ou clique aqui.

Informações: SAD (67) 3318-1325/1309; Ageprev  (67)3323-7356.

Veja Também

Terceira agência digital do País é inaugurada
Projeto proíbe exibição de animais silvestres em zoológicos, aquários e parques
Manutenção do Parque das Nações será feita com veículo elétrico
Prefeitura abre inscrições para desfile cívico de 26 de Agosto
Arraial do Banho de São João começa nesta quinta em Corumbá
Helicóptero da PM transporta peão a Santa Casa
Campo Grande receberá próxima etapa da Copa Truck
Após reportagem, indígenas de Dourados recebem cobertores
Governo divulga nota de pesar pela morte de ex-presidente da Agepen
Trânsito CCR MSVia prossegue com obras na BR-163/MS Em caso de chuvas, as obras serão suspensas