Campo Grande •16 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo do estado - Campanha Transparência Governo

Da redação | Segunda, 7 de Agosto de 2017 - 15h25Semu realiza palestras em escolas da em menção ao agosto lilásPalestras acontecem em 10 escolas da Rede Municipal de Ensino

(Foto: Reprodução/Internet)

A Secretária Municipal de Políticas para as Mulheres (SEMU) vai realizar neste mês de agosto, palestras em menção ao “Agosto Lilás” instituído à criação da Lei Maria da Penha, que comemora seu 11º aniversário nesta segunda-feira, dia 7 de agosto.. As palestras acontecem no decorrer do mês de agosto, em 10 escolas da Rede Municipal de Ensino, onde foram colocadas faixas da campanha, além de panos na cor lilás que foram distribuídos em pontos da cidade em alusão à campanha.

As palestras mostram que a cada 1h30 uma mulher é morta no Brasil, por menosprezo à condição de ser mulher, uma em cada cinco mulheres declaram já ter sofrido algum tipo de violência, a cada 11 minutos, uma mulher é estuprada no país, no mundo, 20% das faltas ao trabalho são em razão de violência doméstica. Com números espantosos, se faz necessária a sensibilização da sociedade sobre a violência doméstica e familiar contra a mulher.

O lançamento da campanha aconteceu na Escola Municipal Arlindo Lima, para alunos do 7º ano do ensino fundamental. As palestras visam contribuir para que estudantes das unidades escolares do município tenham acesso às informações sobre a violência doméstica e familiar contra a mulher, as possibilidades de atendimento, os canais de denúncia e, acima de tudo, promover ações de prevenção que possibilitem diminuição dos índices de violência.

A subsecretária da Semu, Carla Stephanini, ressaltou que é muito importante a divulgação para o público mais jovem. “Nós estamos trabalhando diversas escolas municipais, conversando com os alunos, falando sobre a importância da lei, mas também, sensibilizando esses alunos, que estão na convivência e no cotidiano das famílias, para que eles também possam ser divulgadores e propulsores de uma nova dinâmica familiar. Uma dinâmica em que haja o respeito à mulher, porque eles também vivenciam essa violência doméstica quando suas mães são a elas submetidas”.

Veja Também
Projeto prioriza matrícula de vítimas de violência na Reme
Mutirão de leitura vai fiscalizar material didático da Reme
Sábado, 16 de Dezembro de 2017 - 08h00Sábado será de tempo parcialmente nublado na Capital Temperaturas chegam aos 34º
Justiça Eleitoral continua com plantão da biometria neste sábado
Caminhão usado na prática de crime ambiental é apreendido
Sicredi Centro-Sul MS entrega doação ao Lar do Idoso de  Dourados
CPI do Táxi finaliza oitivas apurando parentescos
Senac forma 19 militares do projeto Soldado Cidadão
PMA e Bombeiros resgatam animais de galerias
Voluntários organizam Natal de Rua na Capital
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento