Menu
20 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
II Congresso de Empresas Familiares
Segurança

Prédio da PF de Corumbá é reprovado

Prédio não atende ao que determina no Conselho Nacional de Justiça

13 Jul2018Laureano Secundo08h00

Entre as seis unidades da Polícia Federal avaliadas pelo Coselho Nacional de Justiça a Delegacia da Polícia Federal em Corumbá (MS) foi considerada como muito ruim e ficou em último lugar  na comparação com as demais unidade inspecionadas. Apesar da situação ruim da  unidade de Corumbá o relatório da CNJ considera o quadro  bom  pois apenas uma tem conceito negativo. Quatro são consideradas regulares e uma, boa.

No prédio inspecionado a equipe do CNJ considerou diversas irregularidades como a falta de uma distância razoável entre homens e mulheres, ventilação e iluminação apropriadas, conforme vistorias feitas desde 2011. Na unidade, uma grade isola homens e mulheres até a audiência de custódia. Como os presos ficam ali no máximo dois dias, mudar a sala torna-se oneroso, segundo a PF.

O prédio é tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional, o que também limita mudanças. Estuda-se construir uma nova sede para a delegacia com um projeto destinado  a ser uma unidade de segurança  dentro dos padrões das demais que funcionam no país. Como Corumbá é considerado como uma das regiões susceptíveis ao tráfico pela sua localização na fronteira com a Bolívia a recomendação do CNJ é pela construção de uma Unidade da PF. 

Veja Também