Menu
15 de novembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Pátio Central - Natal
Segurança

Prédio da PF de Corumbá é reprovado

Prédio não atende ao que determina no Conselho Nacional de Justiça

13 Jul2018Laureano Secundo08h00

Entre as seis unidades da Polícia Federal avaliadas pelo Coselho Nacional de Justiça a Delegacia da Polícia Federal em Corumbá (MS) foi considerada como muito ruim e ficou em último lugar  na comparação com as demais unidade inspecionadas. Apesar da situação ruim da  unidade de Corumbá o relatório da CNJ considera o quadro  bom  pois apenas uma tem conceito negativo. Quatro são consideradas regulares e uma, boa.

No prédio inspecionado a equipe do CNJ considerou diversas irregularidades como a falta de uma distância razoável entre homens e mulheres, ventilação e iluminação apropriadas, conforme vistorias feitas desde 2011. Na unidade, uma grade isola homens e mulheres até a audiência de custódia. Como os presos ficam ali no máximo dois dias, mudar a sala torna-se oneroso, segundo a PF.

O prédio é tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional, o que também limita mudanças. Estuda-se construir uma nova sede para a delegacia com um projeto destinado  a ser uma unidade de segurança  dentro dos padrões das demais que funcionam no país. Como Corumbá é considerado como uma das regiões susceptíveis ao tráfico pela sua localização na fronteira com a Bolívia a recomendação do CNJ é pela construção de uma Unidade da PF. 

Veja Também

MS é finalista em prêmio de Turismo
Guru indiano realiza palestras e retiro urbano
Aumenta possibilidade chuva
Projeto de servidoras é premiado em evento sobre violência no trabalho
Porque médicos dos EUA estão postando fotos ensanguentados?
Vereador de Eldorado morre em acidente na BR-163
Agentes se capacitam em intervenção e escolta prisional de alto risco
Ônibus Saladão estará na Praça do Peixe neste feriado
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
Segunda turma de doulas conclui curso de formação no HU-UFGD