Campo Grande • 02 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | sexta, 14 de outubro de 2016 - 09h46Marinha encerra fase da Operação no PantanalMilitares estão mobilizados em treinamento para combate de organizações criminosas

operação busca assegurar mais segurança na região de fronteira
operação busca assegurar mais segurança na região de fronteira (Foto: Divulgação)

A terceira fase da Operação “Fronteira Sul” foi encerrada no dia de hoje (13 de outubro), quando cerca de 1.000 militares da Marinha do Brasil e do Exército brasileiro participaram de treinamento na região de Porto MurtinhoMS, simulando a retomada de uma área invadida, com o propósito de neutralizar o interposto logístico da “facção criminosa” e restabelecer a lei e a ordem.

O objetivo da simulação de guerra, conhecida como “Operação Ribeirinha”, é retomar e controlar um determinado trecho de via navegável e sua porção terrestre que, por algum motivo, foi invadida por grupos oponentes. No contexto da situação que foi gerada pelo Grupo de Controle da Operação “Fronteira Sul”, coube ao Comandante do Grupo-Tarefa 601 planejar e executar uma Operação Ribeirinha de alta complexidade, em função da capacidade do inimigo, empregando, além dos militares das duas Forças Armadas, diversos meios de superfície e aéreos, em um total de sete navios, mais de quarenta embarcações e três helicópteros.

Comando do 6º Distrito Naval

Durante a manobra, os militares puderam se adestrar nas táticas de atuação em um ambiente ribeirinho, complementando a referida Operação por meio de Ações de Superfície e Aérea, Apoio de Fogo Naval, Operações de Inteligência e Táticas de Combate em terra.

A Operação “Fronteira Sul” prossegue em suas próximas Fases de Exercícios, com término previsto para o dia 21 de outubro, com a atracação dos navios no Complexo Naval de Ladário.

Veja Também
Incêndio destrói veículo na periferia da Capital
Tribunal suspende reajuste da tarifa de ônibus
sexta, 02 de dezembro de 2016 - 18h57Cerca de 900 jornalistas de 14 países cobrirão velório coletivo da Chapecoense Jornalista apontou a necessidade de tomar cuidado para não aumentar os fatos
sexta, 02 de dezembro de 2016 - 18h18ANS suspende a comercialização de planos de saúde Serão suspensos 69 planos de saúde de 11 operadoras
Aviões da FAB chegam à Colômbia para buscar corpos de vítimas de acidente
Centro Obstétrico da Santa Casa será inaugurado dia 8 de dezembro
Cabeleireira Marcela Guedes estará em Campo Grande nos dias 4 e 5 de dezembro
Ministro destaca esforço conjunto contra dengue
Governo de MS entrega resfriadores e ordenhadeiras para pequenos produtores
SUS incorpora quatro remédios para tratamento da hepatite C
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento