Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Campo Grande

Pronto socorro só receberá pacientes encaminhados

Recomendação é da Secretaria Municipal de Saúde e será acatada pela Santa Casa

9 Fev2017Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital18h10
(Foto: Marco Miatelo)
  • Reunião discutiu mudança no atendimento da Santa Casa nesta quinta-feira
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

A Santa Casa de Campo Grande vai atender uma recomendação da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) para mudar o atendimento no Pronto Socorro da unidade. O objetivo é que sejam atendidos apenas pacientes com encaminhamento médico e que tenham passado pela central de regulação, medida que já foi adotada no Hospital Regional, como forma de desafogar o setor.

Nesta quinta-feira, 9 de fevereiro, a diretoria da Santa Casa participou de reunião para discutir o assunto. Pacientes que chegarem ao local sem encaminhamento não poderão ser atendidos tendo que se dirigir primeiro a uma unidade de saúde. A restrição começa nesta sexta-feira, dia 10 de fevereiro.

"A partir de 1º de fevereiro de 2017, em todas as solicitações de Autorização de Internação Hospitalar em caráter de urgência, além da justificativa de internação, ou seja, o quadro clínico do paciente, deve ser informada a origem do paciente".

A medida vai diminuir a demanda espontânea na Santa Casa, bem como o atendimento a pacientes que vem do interior do Estado e procuram diretamente o hospital, sem passarem pela regulação.

Veja Também

Internos concluem curso de Corte e Costura no interior
Governo Federal reconhece estado de emergência em 184 cidades
Ex-servidores do HU viram réus por desvio de dinheiro
Nova procuradora toma posse no MPT-MS
Mortos em acidente na BR são identificados
Falha em ônibus atingido por trem está sendo investigada
Projeto proíbe cobrança para religação de água e luz em caso de corte
TCU investigará se cobrança de bagagem barateou passagens aéreas
Ministério condena assédio de brasileiros a mulher na Rússia
Seminário discutirá correção monetária dos valores das modalidades licitatórias