Menu
19 de novembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Gastronomia

Sabores do Pantanal serão destaque na Comitiva dos Chefs

Culinarista quer estimular utilização de ingredientes regionais na alimentação

15 Jun2019Da redação15h49

A segunda edição do festival gastronômico Comitiva dos Chefs, realizado entre os dias 16 e 18 de agosto, na plataforma cultural da Esplanada Ferroviária, tem objetivo de popularizar a utilização de ingredientes nativos e presentes nos biomas Cerrado e Pantanal. Uma das ações será o concurso de receitas produzidas especialmente para o evento, as quais deverão empregar frutos, sementes, carnes e vegetais presentes na alimentação do sul-mato-grossense.

A culinarista Dedê Cesco revela que a utilização destes ingredientes aumentou nos últimos anos, mas, alguns produtos já se consolidaram na preferência do público, como por exemplo, a mandioca, o cumbaru, as pimentas e o feijão de corda. “Antes, as pessoas tinham mais resistência a provar alimentos que não estavam presentes no seu cotidiano. Porém, percebi que a situação mudou quando comecei a elaborar pratos personalizados, servidos em eventos institucionais. Os visitantes aprovavam e inclusive, me incentivavam a apresentar novos sabores”, relata.

O bioma cerrado está presente em 22% do território nacional e no estado de Mato Grosso do Sul é identificado em diferentes regiões, com espécies vegetais aproveitadas na alimentação da população. Pequi, cumbaru, buriti, bocaiuva e guavira são alguns exemplos de ingredientes apreciados tanto no consumo in natura, quanto processados na forma de polpas, geleias, biscoitos, licores, entre outras opções.

O Pantanal é outro bioma que influenciou a identidade cultural dos sul-mato-grossenses. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 62% da extensão total da área se localiza no Estado. A riqueza da fauna influenciou a alimentação dos moradores da região, exemplificada por diferentes espécies de peixes e mamíferos. Dessa forma, ingredientes como a carne de Jacaré e peixes como Pintado e Pacu foram incorporados nas receitas tradicionais. A carne do boi pantaneiro também é referência na alimentação das famílias e em razão da distância das áreas urbanas tem como principal forma de consumo, o charque (carne salgada e desidratada no sol).

As Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs) também ganharam espaço na mesa dos consumidores, no entanto, muitas pessoas ainda desconhecem as possibilidades de elaborar receitas saborosas e saudáveis. Os ingredientes mais conhecidos são: Urtigão (utilizado no preparo de sopas ou como acompanhamento de pratos quentes), Bertalha-coração (uma espécie de batata com sabor suave) e a Ora-pro-nóbis que se destaca na alimentação, por ser rica em proteínas e substituir o consumo de proteína animal. Entre as frutas, a guavira ou gabiroba pode ser consumida in natura ou usada em sucos, pudins e licores.

De acordo com a culinarista, a proposta do festival é valorizar a culinária tradicional de Mato Grosso do Sul e incentivar os profissionais do setor alimentício a elaborarem pratos que tenham elementos presentes no cotidiano da população. “A proposta da Comitiva dos Chefs é abrangente e vai além da criação de uma identidade regional gastronômica. Quando concedemos espaço para novos talentos profissionais colocamos o estado em evidência nacional e internacional, no segmento de gastronomia. Trata-se de um efeito em série que impacta positivamente na geração de renda, desenvolvimento local e no aumento de oportunidades de negócios”, observa.

Vale lembrar que estão abertas as inscrições para:  chefs de cozinha, bartender, bartender free style, food trucks, bikes, carrinhos e demais modalidades móveis de alimentação interessados em participar do evento. Entre as recomendações do edital está a elaboração de receitas com ingredientes regionais e os pratos selecionados irão compor um roteiro personalizado (com o selo Comitiva dos Chefs) que ficará disponível para comercialização pelo período de um ano.

Sobre o projeto -  O projeto Festival Comitiva dos Chefes foi contemplado pelo Fundo Municipal de Investimentos Culturais (FMIC) da Prefeitura de Campo Grande e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SECTUR). A edição 2019 será realizada na Plataforma Cultural, localizada na Esplanada Ferroviária, entre 16 e 18 de agosto, em Campo Grande (MS). O endereço é Avenida Calógeras, 3015, Centro.  O endereço do site do evento é www.comitivadoschefs.com.br.

Veja Também

Terça-feira com máxima de 34°C
Rua 14 de Julho recebe acabamento para inauguração
Selo Arte abre horizonte de oportunidades em MS, diz Reinaldo Azambuja
Renovação de matrículas em Três Lagoas começa nesta terça-feira
Fim de semana teve duas mortes por afogamento na Capital
Uso do cinto de segurança nos ônibus interestaduais ganha campanha educativa
Vídeo de jacarés fugindo de trator no Pantanal repercute nas redes sociais
Guardas são afastados das ruas após ação em terminal
Prato baiano de jacaré e hamburguer vencem festival
Agehab publica aviso de licitação para construção de bases do Lote Urbanizado