Campo Grande •29 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Quinta, 16 de Março de 2017 - 09h02Reunião na Semade inicia preparativos para evento mundial de combate a incêndios florestaisFoi a primeira reunião para definir o ponto focal do evento que está em sua sétima edição, sempre em países diferentes

Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (15), na Semade (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), foi definido o grupo de trabalho que representa o governo do Estado na organização do Wildfire 2019 – Conferência Internacional de Combate a Incêndios Florestais, que acontece em Campo Grande em maio de 2019. Integram o grupo a Semade, representada pelo secretário-adjunto Ricardo Senna, a Fundação de Turismo e a área de Desenvolvimento do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

A Conferência Internacional de Combate a Incêndios Florestais visa à preservação e uso sustentável do meio ambiente mundial. Para tanto vai reunir as partes envolvidas na gestão de incêndios florestais e seus campos relacionados, como silvicultura, clima e meteorologia, ecossistemas, desastres e segurança e saúde humana. Os participantes partilharão conhecimentos e experiências sobre a metodologia de gestão de incêndios e debaterão estratégias para o reforço da cooperação internacional.

“É o maior evento do mundo na área de combate a incêndios florestais. Foi importante trazer para Mato Grosso do Sul, porque temos três biomas (Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica), e temos o Pantanal que apresenta forte incidência de queimadas, seja provocada por acidente ou de forma provocada. Portanto é um grande evento propulsor do desenvolvimento do Estado que vai reunir mais de mil pessoas do mundo todo, por isso a expectativa é grande. Vamos aproveitar para divulgar o nome de Mato Grosso do Sul e mostrar o trabalho que já estamos realizando na área de combate a incêndio”, observou o secretário da Semade, Jaime Verruck.

Foi a primeira reunião para definir o ponto focal do evento que está em sua sétima edição, sempre em países diferentes. Em 1989 aconteceu em Boston (USA), em 1997 em Vancouver (Canadá), em 2002 em Sidnei (Austrália), em 2007 na cidade de Sevilha (Espanha), 2011 em Sun City (África do Sul), 2015 em Seul (Coreia do Sul) e em 2019 será em Campo Grande.

As providências para um evento desse porte requerem intervenções importantes, conforme pontuou Verruck. “Teremos que fazer melhorias no Centro de Convenções [Arquiteto Rubens Gil de Camillo], no aeroporto, junto à Infraero, porque ele é internacional, mas não tem vôo internacional, e para usar a área alfandegada da Infraero para que os participantes do evento possam trazer os equipamentos que usam no combate a incêndios.”

A decisão de trazer para Campo Grande o Wildfire 2019 foi tomada em fevereiro de 2016, quando o secretário Jaime Verruch recebeu em seu gabinete o então superintendente do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente), Márcio Ferreira Yule, e a coordenadora do Núcleo de Interagências, Lara Stei. Também participaram o diretor de Licenciamento, Ricardo Eboli e  a diretora de Desenvolvimento, Thais Caramori, ambos do Imasul.

Nesta segunda reunião participaram, além de Verruck, o secretário adjunto da Semade, Ricardo Senna; o reitor da Uems, professor Fábio Edir; o chefe do PrevFogo do Ibama nacional, Gabriel Zacharias; o superintendente do Ibama em Mato Grosso do Sul, Antonio de Castro Vieira; a diretora de Desenvolvimento do Imasul, Thaís Caramori; Márcio Yule, do Ibama/MS, entre outros técnicos.

Veja Também
Quinta, 29 de Junho de 2017 - 06h43Temperaturas mais amenas A umidade relativa do ar permanece em níveis de alerta
Prefeitura move recurso no TCE para usar lâmpadas de LED
CCR faz alerta sobre queimadas nesta época do ano
Detentos se profissionalizam na técnica de artesanato em osso em Jardim
Doador de MS poderá salvar vidas em quatro estados
Polícia Federal suspende emissão de novos passaportes
UEMS abre seleção de Mestrado Acadêmico em Letras
Quarta, 28 de Junho de 2017 - 12h30Em clima tenso, CCJ do Senado volta a discutir reforma trabalhista Reunião tem objetivo de votar relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR), favorável à constitucionalidade da proposta
Quarta, 28 de Junho de 2017 - 12h13País celebra centenário de Dalva de Oliveira, o Rouxinol Brasileiro Importância de Dalva de Oliveira para a Música Popular Brasileira é unanimidade entre estudiosos da arte
Quarta, 28 de Junho de 2017 - 11h39Vai viajar? Saiba onde CCR MSVia implanta pare-e-siga na BR-163/MS Em caso de chuva as obras serão interrompidas
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento