Menu
20 de novembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Pantanal

Resgate Aéreo atende criança no Pantanal

Grupo de Patrulhamento Aéreo da PM resgatou menina de 11 meses em área de difícil acesso

15 Out2019Da redação12h36
(Foto: Divulgação/GPA)
  • Menina atingida por chave de roda teve piora e equipe de resgate do GPA da Polícia Militar foi acionada
  • (Foto: Divulgação/GPA)

Policiais Militares do Grupo de Patrulhamento Aéreo (GPA) e uma equipe do Corpo de Bombeiros fizeram o resgate de uma menina de 11 meses de idade que teve o estado de saúde agravado após ser atingida na cabeça por uma chave de roda. Ela foi transferida na manhã desta terça-feira (15) para o Hospital de Corumbá.

A criança não teve traumatismo cranioencefálico, mas um dia após a ocorrência começou a apresentar um quadro de febre e diarreia com risco desidratação. O acidente aconteceu no sábado na Fazenda Cedrinho, no Pantanal. As circunstâncias do acidente não foram informadas, mas em príncipio seria um acidente doméstico. A chave de roda caiu de uma altura aproximada de 30 centímetros e atingiu a criança. Informações preliminares são de que a menina mora com os pais e o socorro foi acionado por uma tia da criança. O resgate aéreo foi necessário já que a família mora em local de difícil acesso no Pantanal. 

Para a missão de resgate, coordenada pelo tenente-coronel Rosalino Gimenez Filho, comandante do GPA,  o helicóptero Harpia 01 decolou do Aeroporto Internacional de Campo Grande às 09h10. Integraram  o resgate o segundo piloto,  tenente-coronel Hipólito Vila Maior, os socorristas do Corpo de Bombeiros,  sargento Orlando Guimarães Nunes e o cabo Samuel Ramires Junior. 

O estado de saúde da criança foi considerado estável pela equipe de socorristas e ela permanece em observação no Hospital de Corumbá.

 

 

Veja Também