Campo Grande •19 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo - Governo Presente - Matrícula

Da redação | Sexta, 30 de Junho de 2017 - 10h18Referência em gestão, Sesi de MS moderniza programa nacional de sustentabilidadePrevisão de conclusão do projeto piloto é dezembro de 2017

Investimentos consideráveis em tecnologia e capital humano fizeram com que o Sesi de Mato Grosso do Sul se tornasse referência em gestão e desenvolvimento de ferramentas tecnológicas para a área de SST (Saúde e Segurança do Trabalho). Por causa disso, o Sesi encerra a série de reportagens especiais sobre os 68 anos, comemorados no dia 1º de julho, divulgando o projeto piloto que consiste em modernizar a operacionalização do programa de Gestão Sustentável para a Competitividade das Micro e Pequenas Empresas.
 
O gerente de Tecnologia em SST do Sesi, Ricardo Egídio dos Santos Junior, explica que o modelo existente foi desenvolvido pelo departamento nacional da instituição, que demandou ao departamento regional de Mato Grosso do Sul a criação de uma ferramenta online que otimizasse a operacionalização do programa. “A solicitação veio diretamente para o nosso Centro de Inovação em SST e, em novembro de 2016, iniciamos o desenvolvimento dessa tecnologia, desse software”.
 
Segundo Ricardo, a primeira fase do projeto foi a formação da equipe técnica para coordenação e desenvolvimento do projeto, que resultou na contratação do Engenheiro da computação Whesley Duarte e a identificação de um profissional da área de Tecnologia da Informação, via projeto Inova Talentos do IEL e CPNQ (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). A segunda fase foi a escolha de uma empresa de programação para atuar como parceira desse desenvolvimento.
 
“Agora chegamos à terceira fase, que consiste na conclusão da ferramenta e na aplicação em 15 empresas do País todo, a fim de validar o processo. Com o diagnóstico de cada uma dessas 15 empresas em mãos, terá início uma parceria com o Sesi de Santa Catarina. Nós abriremos uma porta de conectividade e as informações coletadas subsidiarão a compilação de um painel de inteligência, um BI (Business Inteligence)”, esclarece Ricardo Egídio.
 
O engenheiro da computação Tiago Magalhães Saucedo, profissional selecionado pelo Inova Talentos para desenvolver a ferramenta, explica que ela engloba uma análise setorial, uma análise do modelo Sesi de sustentabilidade que já vinha sendo aplicado e, finalmente, uma análise de valor. “O ciclo completo faz um diagnóstico do desempenho da empresa e aponta caminhos, ancorados na sustentabilidade para que a empresa seja mais competitiva”, disse.
 
A previsão de conclusão do projeto piloto é dezembro de 2017 e, caso se comprove a eficiência e eficácia da ferramenta, garantindo melhorias internas e externas às empresas participantes no tocante à sustentabilidade, o modelo permanecerá no mercado à disposição das empresas interessadas.

Veja Também
Marinha do Brasil e FAB auxiliam em buscas por submarino argentino
Prova do IFMS reúne mais de 3,4 mil candidatos em dez municípios
FAB participa da operação de busca a submarino argentino ARA San Juan
Restauração da entrada de Bonito vai receber ciclovia e R$ 9,6 milhões
Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 50 milhões
IFMS recebe R$ 1,2 milhão para desenvolvimento de softwares
Inscrições para praça de alimentação do 'Dourados Brilha' terminam amanhã
Prefeitura oferece cursos para servidores em parceria com Senai
Comissão analisa projeto que prevê ingresso gratuito em museus
Voo vai conectar MS a nove países a partir de dezembro
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento