Menu
12 de novembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Saúde

Caravana pode ampliar cirurgias

A etapa lançada hoje corresponde aos atendimentos específicos da área oftalmológica

17 Jun2019Da redação11h45
(Foto: Amanda De Marchi)
  • Serão realizadas cirurgias de catarata, yag laser e pterígio nessa etapa da Caravana
  • (Foto: Amanda De Marchi)
  • (Foto: Amanda De Marchi)
  • (Foto: Amanda De Marchi)
  • (Foto: Amanda De Marchi)
  • (Foto: Amanda De Marchi)
  • (Foto: Amanda De Marchi)
  • (Foto: Amanda De Marchi)

Em lançamento da nova etapa da Caravana da Saúde Secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende (PSDB) anuncia que estão se organizando para incluir outros tipos de cirurgias para o atendimento, ainda sem data prevista. O objetivo é incluir cirurgias estomizadas, ginecológicas e bariátricas. “Nós estamos trabalhando e vendo as possibilidades, ainda não tem previsão, mas estamos organizando. Temos demandas de bolsas coletoras para pessoas ostomizadas, cirurgias ginecológicas e bariátricas. São processos que podem ser inseridos em uma próxima caravana ”, explicou.

O lançamento desta etapa da Caravana da Saúde foi realizado hoje e os atendimentos estão sendo feitos no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Pedrossian (HRMS), em uma estrutura montada no estacionamento da unidade. Os atendimentos iniciam hoje e vão até dia 5 de julho, sendo oferecidos para pacientes regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Esta edição atenderá especificamente casos de oftalmologia, outras especialidades não serão ofertadas nesta edição. Na oftalmologia serão realizadas cirurgias de catarata, yag laser e pterígio. Além disso, esta etapa da Caravana contempla 79 municípios com atendimentos nessa área. Foram investidos mais de dois milhões de reais, com verba do Governo Federal e Estadual.

De acordo com o Governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), a estimativa é de que sejam realizadas durante essa etapa da Caravana da Saúde, oito mil consultas e duas mil cirurgias nos 79 municípios, com o objetivo de diminuir a fila de casos oftalmológicos. “Se você olhar muitos hospitais continuam fazendo as cirurgias eletivas, ginecológicas, ortopédicas e outras que existem na regulação. A pressão e a demanda maior, é justamente oftalmológica, por isso nós montamos em Campo Grande e estamos fazendo uma organização para trazer pessoas dos 79 municípios para serem atendidas e diminuir a fila, porque nós temos um volume que ultrapassam 60 mil cirurgias feitas nos 4 anos de mandato”, comentou.

Além das oito mil consultas e duas mil cirurgias estimadas, cerca de 24 mil exames estão previstos durante a Caravana. De acordo com informações, os pacientes recebem ligação da Secretaria de Estado de Saúde (SES) para agendar o atendimento. Em seguida, são cadastradas no sistema e recebem orientações em relação a data e horário.

A Caravana da Saúde em Mato Grosso do Sul foi lançada em março de 2015 na gestão de Reinaldo Azambuja, buscando diminuir as filas de espera do SUS por atendimento de diferentes especialidades consideradas de baixa e média complexidade, como oftalmologia, ortopedia, neurologia, psiquiatria, endocrinologia, entre outras.

Para a aposentada, Cleonice Boni, que busca aos serviços da Caravana pela segunda vez, o atendimento ajuda a diminuir a espera. No primeiro atendimento, ela aguardava uma cirurgia oftalmológica, mas não conseguiu operar porque estava gripada e desta vez foi chamada para conseguir realizar o processo. Ela aguardava atendimento no posto de saúde do Bairro da Tijuca e o problema dela é relacionado ao glaucoma, que é uma doença ocular causada principalmente pela elevação da pressão intraocular e que compromete a visão.

Veja Também

Casa Peniel pede doações para Bazar Solidário
Confira escala médica nas UPAs e CRSs nesta quarta-feira
Mais de 95% das crianças brasileiras frequentam escola, diz pesquisa
Prefeitura entrega em janeiro o VIII Emei no Bairro Zé Pereira
Milhagens do serviço público vão ser usadas para transportar pacientes
Pescadores acampam na Governadoria
Dia de céu claro e possibilidade chuvas
Ação de saúde para caminhoneiros será realizada nesta terça-feira
Aluno prejudicado por questão logística pode pedir reaplicação do Enem
Governo disponibiliza R$ 300 mil para compra de três castromóveis