Menu
23 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Trabalhadores

Proposta não satisfaz e bancários mantêm greve

Na Capital e em 27 cidades, 101 agências e um centro administrativo fecharam hoje

9 Set2016Valdelice Bonifácio20h00

Em greve desde terça-feira, 6 de setembro, bancários de todo País rejeitaram a nova proposta de reajuste salarial apresentada pelos bancos nesta sexta-feira, 9. Por isso, a paralisação está mantida, pelo menos até a próxima terça-feira, dia 13, quando está prevista nova rodada de negociação entre empregados e patrões.

Hoje, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ofereceu reajuste de 7% mais abono de R$ 3,3 mil, proposta melhor do que a anterior que era de reajuste de 6,5% e abono de R$ 3 mil.

Em Campo Grande e outras 27 cidades de Mato Grosso do Sul, 101 agências e um centro administrativo ficaram fechados neste quarto dia de greve, segundo o sindicato local. A intenção é ampliar a adesão de trabalhadores ao movimento a partir de segunda-feira, dia 12.

Os trabalhadores consideraram o valor apresentado pela Fenaban “insuficiente”, segundo o Comando Nacional de Greve. A nova reunião da Fenaban com o Comando Nacional dos Bancários está marcada para a próxima terça-feira, às 14h, em São Paulo.

Veja Também

Estudo avalia se hidrelétricas na Bacia do Paraguai causam impacto ambiental
OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões
TJ mantém condenação por homicídio culposo em acidente de trânsito
Caravana da Saúde está de volta e ampliada
Assomasul promove treinamento sobre fiscalização de imposto
Empresa realiza maratona de programação para escolher estagiários
Obras do Reviva Centro alteram linhas de ônibus neste fim de semana
Em Brasília, cemitério que abriga personalidades é ponto turístico
Universidade realiza corrida de carrinhos de rolimã neste sábado
Projeto de Fábio Trad atualiza legislação militar no combate a crimes sexuais